Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

07 Dezembro de 2017 | 08h59 - Actualizado em 07 Dezembro de 2017 | 10h42

Moçambique: China compra grafite para fabricar componentes de baterias

Maputo - O produtor chinês de componentes de baterias Zhanjiang Juxin é o novo cliente da mina de grafite de Balama, no norte de Moçambique, anunciou a empresa mineira australiana Syrah Resources, citada hoje pela LUSA.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa de Moçambique

Foto: Angop

"A Syrah assinou um contrato de venda obrigatório com a Zhanjiang Juxin New Energy Materials" para fornecimento "de 20 mil toneladas de grafite natural da operação de Balama em 2018", referiu a empresa numa nota aos accionistas, consultada hoje pela Lusa.

A empresa chinesa foi criada em 2006 e é especializada na produção de materiais para baterias de iões de lítio, como as que equipam carros eléctricos e outros aparelhos.

Shaun Verner, director-executivo da Syrah referiu que este contrato representa outra conquista significativa para a grafite de Balama.

A mina moçambicana é o único grande projecto de grafite actualmente em operação com uma produção alvo para 2018 de 160 a 180 mil toneladas, o que coloca a Syrah numa posição forte para responder à procura crescente nos mercados de veículos eléctricos e armazenamento de energia", acrescentou.

Em Setembro, a firma australiana já tinha anunciado um acordo com outra firma chinesa.

Na altura foi contratado o fornecimento de 30 mil toneladas de grafite no primeiro ano de produção (2018) à Jixi BTR Graphite Industrial, firma subsidiária da Shenzhen BTR New Energy Materials (BTR).

Assuntos Moçambique  

Leia também
  • 08/11/2018 12:41:07

    Missão do FMI em Moçambique para avaliar situação macroeconómica

    Maputo - Uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) encontra-se em Moçambique para consultas com as autoridades locais sobre a evolução da situação macroeconómica do país, disse hoje o ministro da Economia e Finanças moçambicano, Adriano Maleiane.

  • 01/11/2018 10:56:27

    Moçambique: Voos directos com o Botswana

    Maputo - Voos directos vão ligar Moçambique e o Botswana, a partir de 2019, anunciou quarta-feira o ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, José Pacheco.

  • 31/10/2018 12:11:17

    Provedor de Justiça de Moçambique contra desrespeito das ordens dos tribunais

    Maputo - O Provedor de Justiça de Moçambique, Isaque Chande, criticou hoje (quarta-feira) o desrespeito de decisões dos tribunais por entidades da Administração Pública, assinalando que a conduta viola os direitos e liberdades dos cidadãos.

  • 31/10/2018 11:50:28

    Moçambique pode limitar pobreza a 21,8% da população até 2030 - BM

    Maputo - Moçambique poderá reduzir a pobreza a 21,8% da população até 2030, no quadro do objectivo estabelecido pelas ONU para a erradicação da pobreza extrema, no melhor dos cenários traçados pelo Banco Mundial (BM), estima um estudo a ser apresentado nesta quarta-feira.