Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

12 Fevereiro de 2018 | 17h33 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2018 | 17h33

Sudão do Sul: Condenado a morte antigo porta-voz de Riek Machar

Juba - Um antigo porta-voz do líder rebelde sul-sudanês, Riek Machar, foi condenado nesta segunda-feira, em Juba, a pena de morte, por crimes de traição e incitação contra o governo, noticiou a Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Sudão do Sul

Foto: Cedida

Um alto tribunal da capital setenciou James Gatdet Dak, a pena de morte, por incitação e conspiração contra a administração do presidente Salva Kiir.

Gatdet foi extraditado para o Sudão do Sul, a partir do Quénia, em Novembro de 2016, uma medida que o grupo dos direitos humanos e as Nações Unidas consideraram de violação ao direito internacional, uma vez que ocorreu numa altura em que se observava um cessar-fogo acordado entre ambas as partes.

O ex-porta-voz foi acusado junto com William John Endley, um cidadão sul-africano que foi um dos assessores de Machar.

O Sudão do Sul, que obteve a sua independência do Sudão em 2011, mergulhou-se numa guerra civil em 2013, meses após de o presidente Kiir ter demitido o seu adjunto Machar.

Assuntos Sudão do Sul  

Leia também