Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

13 Abril de 2018 | 11h40 - Actualizado em 13 Abril de 2018 | 12h12

RDC: Katumbi acusa Kabila de financiar grupos armados

Bruxelas - O Presidente Joseph Kabila Kabange "financia, arma e enquadra" a maioria dos 120 grupos armados presentes na República Democrática do Congo (RDC), acusou, quinta-feira, em Bruxelas, o político congolês, Moïse Katumbi Chapwe.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moise Katumbi-Opositor politico congolês

Foto: FEDERICO SCOPPA

De acordo com Moise Katumbi, a ligação entre o Presidente Kabila e os mais de 100 grupos armados visa a criar condições de caos para adiar infinitamente a realização das eleições gerais, as quais ele é um dos candidatos presidencial.

O opositor político congolês, qualificou também de “cínico absoluto”, chefe de Estado congolês, por este utilizar a fome para subjugar o seu povo.

Essa última acusação deve-se ao facto do governo congolês recusar-se em participar na conferência sobre a crise humanitária na RDC, que tem lugar sábado, 13 de Abril, em Genebra, sob a iniciativa da ONU, da União Europeia e dos Países Baixos.

“Boicotar uma conferência que visa a mobilização de 1.3 mil milhões de Euros em prol de mais de quatro milhões de deslocados internos e de 500 mil refugiados, é de um “cinismo absoluto”, e é criminoso, disse.

Recorde-se que o governo congolês não digeriu o facto da RDC ter sido classificada L3, uma situação idêntica a que se vive na Síria, no Iémen e na Líbia.

Assuntos RDCongo  

Leia também
  • 06/02/2019 19:26:44

    Crianças representam 30 por cento dos casos confirmados de Ébola na RDC

    Kinshasa - Mais de 700 pessoas, das quais 30 por cento são crianças, foram infectadas pela epidemia de Ébola, há seis meses, na República Democrática do Congo (RDC), doença que matou mais de 460 pessoas desde Agosto de 2018, anunciou o UNICEF.

  • 05/02/2019 19:49:08

    RDC: Chefe do serviço de informação pede demissão

    Kinshasa - O administrador-geral da Agência Nacional de Informação (ANR, na sigla em francês), Kalev Mutondo, pediu demissão numa carta dirigida ao novo chefe do Estado da República Democrática do Congo, Félix Tchisekedi.

  • 05/02/2019 19:11:45

    Tshisekedi mantém chefias militares da RDC

    O novo presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, visitou segunda-feira as forças sob o seu comando, na qualidade de comandante em chefe das forças armadas.

  • 05/02/2019 15:44:51

    RDC: Presidente Felix Tshisekedi recebeu embaixador chinês

    Kinshasa - O chefe de Estado, Felix Tshisekedi, recebeu em audiência na segunda-feira o embaixador chinês na República Democrática do Congo (RDC), Wang Tongqing, o qual entregou uma mensagem de felicitações do presidente chinês ao seu homólogo congolês.