Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

12 Julho de 2018 | 13h41 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 13h41

Presidente da África do Sul aguardado na Arábia Saudita

Pretória - O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, é aguardado nesta quinta-feira na Arábia Saudita no quadro de uma digressão a três países com uma agenda que dá prioridade ao aumento do investimento e a diversificação das relações comerciais entre os dois países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa

Foto: Pedro Parente

Segundo o governo sul-africano, o chefe de Estado aproveitará a ocasião para promover mais cooperação, tendo em conta a nova estratégia da Arábia Saudita para a África.

“O propósito desta visita de Estado ao Reino da Arábia Saudita é avaliar o estado das relações bilaterais e priorizar o reforço dos laços económicos bilaterais e diversificação do comércio”, saliente um comunicado da Presidência sul-africana.

O programa de Ramaphosa inclui um encontro, na cidade de Jeddah, com o rei Salman bin Abdulaziz al Saud, com quem vai abordar as formas de incremento do comércio bilateral e a atracção de investimentos.

Dados oficiais estimam que a África do Sul actualmente importa da Arábia Saudita 47% do petróleo que consome.

Este Estado árabe é o maior investidor neste país da África Austral, com mais de 55 mil milhões de rands em 2017 (mais de quatro mil milhões de dólares).

A digressão de Ramaphosa começou com uma visita de trabalho a Nigéria e logo após a sua estadia na Arábia Saudita vai se deslocar na sexta-feira aos Emirados Árabes Unidos, onde manterá um encontro com Mohammedi Bin Zayed Al Nahyan, príncipe de Abu Dhabi e vice-comandante das Forças Armadas dos Emirados.

Na opinião das autoridades sul-africanas, este nação do Golfo será um parceiro importante na busca de investimentos para o país.

O presidente sul-africano aproveitará a sua viagem para convidar o empresariado e os líderes daquele país para a próxima cimeira na África do Sul que abordará esta questão fundamental para o desenvolvimento.

Com sólidas relações políticas e comerciais desde o estabelecimento dos laços diplomáticos em 1994, a África do Sul e os Emirados Árabes Unidos mantêm fortes laços económicos, sublinha a Presidência.

Segundo as estatísticas oficiais, nos últimos seis anos o comércio bilateral aumentou rapidamente, passando de seis mil milhões de rands (cerca de 445 milhões de dólares) em 2011, para no ano passado atingir os 38 mil e 200 milhões de rands (mais de dois mil e 800 milhões de dólares).

Quarta-feira, Ramaphosa concluiu a sua visita de trabalho a Nigéria, onde participou no encontro anual e nas celebrações do 25º aniversário do Banco Africano de Exportação e Importação (Afreximbank).

Assuntos África do Sul  

Leia também