Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

11 Outubro de 2018 | 17h33 - Actualizado em 11 Outubro de 2018 | 17h33

Egipto: Presidente pede extradição de conotado terrorista

Cairo - O presidente egípcio, Abdel Fattah El-Sisi, disse nesta quinta-feira, no Cairo, que o conotado líder terrorista Hesham El-Ashmawi, seja devolvido ao seu país para que responda pelos seus crimes, noticiou a Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Abdel Fattah al-Sisi, Presidente do Egipto

Foto: MOHAMMED AL-SHAIKH

El-Ashmawi, um ex-oficial do Exército egípcio e líder de uma falial da organização Al-Qaeda, foi capturado em princípios desta semana no este da Líbia.

El-Sisi confundiu o criminoso com Ahmed El-Mansi, um oficial egípcio que morreu durante confrontos com terroristas no norte do Sinai, e que pertencia a mesma unidade das Forças especiais do Exército que El-Ashmawi.

“El-Mansi e El-Ashmawi, são seres humanos que partilharam o mesmo caminho no nosso exército. Porém, hoje recordamos o primeiro com orgulho e gratidão, embora buscamos responsabilizar o segundo pelos seus crimes”, disse o presidente, durante a sua intervenção no seminário alusivo ao 29º aniversário das Forças armadas, na capital egípcia.

Na passada segunda-feira, o porta-voz do Exército nacional (LNA), Ahmed Mismari, anunciou a detenção de El-Ashmawi, na cidade oriental líbia de Derna.

El-Ashmawi nasceu em 1978 e graduou-se em 2000, na Academia Militar, tendo sido expulso do Exército egípcio em 2011.

Também conhecido como Abu Omar El-Mohager (o imigrante), é considerado como um dos terroristas mais perigosos, vinculado à vários ataques no Egipto.

Em Julho de 2015, El-Ashmawi anunciou o estabelecimento da organização Mourabitoum na Líbia, que é leal à Al-Qaeda.

Acredita-se ter estado envolvido em uma tentativa de assassinato contra o ex-ministro do Interior egípcio Mohamed Ibrahim e o assassinato do general Hisham Barakat.

Também é acusado de orquestrar o plano de ataque contra efectivos da guarda fronteiriça do Egipto, em Fevereiro de 2015, que causou a morte de 29 pessoas.




 

   
 
 
   

Assuntos Egipto  

Leia também
  • 11/10/2018 16:32:40

    Egipto: Presidente preside seminário das Forças Armadas

    Cairo - O presidente egípcio, Abdel Fattah El-Sisi, presidiu nesta quinta-feira, no Cairo, a abertura do seminário das Forças armadas, enquadrado nas comemorações do 29º aniversário da instituição castrense, que marca a celebração da vitória da grande Guerra de Outubro, noticiou a Prensa Latina.

  • 11/10/2018 12:37:37

    Egipto/Arábia Saudita: manobras militares conjuntas

    Cairo - As Forças armadas egípcias e sauditas iniciaram quarta-feira manobras militares conjuntas chamadas "Tabuk 4" na subdivisão militar do sul do Egipto, anunciou um porta-voz do Exército egípcio num comunicado.

  • 10/10/2018 10:40:24

    Forças líbias capturam jihadista egípcio Al-Ashmawy

    Tripoli - As forças de segurança da Líbia capturaram um dos jihadistas mais procurados do Egipto durante uma operação na cidade portuária de Darnah.