Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

30 Janeiro de 2019 | 17h43 - Actualizado em 30 Janeiro de 2019 | 17h43

Autoridades sudanesas ordenam libertação dos detidos durante manifestações

Cartum - As autoridades sudanesas ordenaram a libertação de todas as pessoas detidas durante as manifestações que tiveram início em Dezembro no Sudão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do Sudão, Omar al-Bashir

Foto: ASHRAF SHAZLY

O ministério da Informação declarou que a ordem de libertação dos detidos provém do chefe dos serviços de inteligência e segurança do Sudão, Salah Ghosh.

Esta medida é vista como um gesto de conciliação com os manifestantes que exigem a saída do presidente Omar al-Bashir.

Os protestos surgiram com a decisão do governo de triplicar o preço do pão.

De acordo com ONGs de defesa dos direitos humanos, mais de mil manifestantes, incluindo líderes da oposição e jornalistas, foram detidos pelo Serviço Nacional de Inteligência e Segurança desde 19 de Dezembro.

Trinta pessoas morreram desde o início das manifestações, segundo um balanço oficial.

A oposição ainda não reagiu a esta decisão de librtação.

Assuntos Sudão  

Leia também
  • 29/01/2019 20:14:59

    Moscovo confirma presença de instrutores militares russos no Sudão

    Moscovo - Os instrutores militares russos estão presentes no Sudão ao lado das forças governamentais e do presidente Omar al-Bashir, confirmou o Kremlin, sem dar mais precisões.

  • 28/01/2019 17:27:05

    Manifestantes tentam organizar uma Primavera Árabe no Sudão

    Cartum - O governo sudanês enfrenta desde 19 de Dezembro um movimento de protesto cujos manifestantes pretendem "reproduzir" no Sudão a "Primavera Árabe", segundo presidente Omar al-Bashir.

  • 27/12/2018 19:35:11

    Sudão: Jornalistas entram em greve

    Cartum - Uma rede de jornalistas sudaneses que defendem a liberdade de expressão iniciou nesta quinta-feira uma greve de três dias a fim de protestar contra a repressão governamental dos manifestantes que denunciam a subida do preço de pão.