Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

08 Fevereiro de 2019 | 10h26 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2019 | 16h00

Côte d'Ivoire: Abidjan acolhe a sétima mesa sobre políticas africanas de inclusão financeira

Abidjan - A Côte d'Ivoire acolhe de 25 de Fevereiro a 01 de Março a sétima edição da mesa redonda anual sobre os líderes da Iniciativa Africana das Políticas de Inclusão Financeira (AFPI), anunciou uma fonte oficial, indica um comunicado de imprensa do governo ivoiriense.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A decorrer em Abidjan, a mesa redonda tem por objectivo examinar as grandes questões de inclusão financeira em África, precisa um comunicado do Governo ivoiriense.
Os participantes vão partilhar seus conhecimentos e discutirão sobre as perspectivas da inclusão financeira e a maneira duradoura de prestarem serviços financeiros a um bilião 700 milhões de pessoas sem contas bancárias.
Também haverá trocas de pontos de vista com representantes do sector privado e outras partes envolvidas sobre a forma de executar os dois quadros das políticas adoptadas em Setembro de 2018, em Sochi, Rússia, em matéria de transferência de dinheiro transfronteiriços inovadores e a interoperabilidade dos serviços financeiros digitais em África.
O evento será precedido, a 26 de Fevereiro, por um seminário de formação sobre as  iniciativas para melhorar a inclusão financeira através dos serviços financeiros digitais.
As sessões serão marcadas pela abertura da Representação Regional África  da Aliança  para a  Inclusão Financeira (AFI) em Abidjan e pela realização, a 1 de Março próximo, da Conferência Internacional sobre "Repensar o Futuro da Inclusão Financeira".
Farão parte do encontro, ministros das Finanças, governadores dos Bancos Centrais e  responsáveis das instituições financeiros membros da AFI.
A mesa redonda é co-organizada pelo Governo ivoriense, pela AFI  e pelo Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCEAO).
Desde a adopção, em 2011, por iniciativa da AFI, da Declaração de Maya, no México, que visa promover a inclusão financeira, há uma evolução notável dos compromissos institucionais para a sua melhoria.
A União Económica e Monetária Oeste-Africana (UEMOA), instituto de emissão monetária e  o BCEAO elaboraram uma estratégia sub-regional 2016-2020, cujo objectivo é garantir o acesso e a utilização duma variedade diversificada de produtos e serviços financeiros adaptados, a preços acessíveis para 75 porcento da população adulta.

Assuntos Côte d'Ivoire  

Leia também