Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Julho de 2019 | 18h02 - Actualizado em 10 Julho de 2019 | 18h02

ArcelorMittal anuncia supressão de dois mil empregos na África do Sul

Joanesburgo - A empresa líder mundial do sector da siderurgia, ArcelorMittal, anunciou hoje a supressão de "mais de dois mil" empregos na África do Sul, cerca de um quarto dos seus efectivos no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial da cidade de Sandton, em Joanesburgo (África do Sul)

Foto: Pedro Parente

A empresa registou uma quebra de 20% nos seus resultados nos seis primeiros meses do ano, em comparação com igual período de 2018, o que significa uma perda de 650 mil milhões de rands (41 mil milhões de euros).

"Com um ambiente económico nacional difícil, a indústria sul-africana de aço continua a ter défices importantes", explicou a gigante siderúrgica, referindo nomeadamente "os custos elevados da electricidade, do transporte ferroviário (...) e da matéria-prima".

Assim, a ArcelorMittal "encetou uma reestruturação em grande escala", com a supressão de "mais de dois mil" empregos.

A empresa emprega cerca de oito mil e 800 pessoas na África do Sul, o país mais industrializado do continente.

Após o anúncio de maus resultados do grupo, as acções da ArcelorMittal caíram mais de 15% na bolsa de Joanesburgo.

Desde a crise mundial de 2008 que a economia sul-africana está em queda - o produto interno bruto recuou 3,2% no primeiro trimestre deste ano - e a taxa de desemprego chegou a 27% (de mais de 50% nos jovens).

Assuntos África do Sul  

Leia também