Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

09 Julho de 2019 | 18h38 - Actualizado em 09 Julho de 2019 | 18h38

Moçambique quer aprimorar cooperação económica com Itália

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse hoje, em Roma, que o seu país tem interesse em "aprimorar" estratégias de cooperação com Itália.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

Foto: Pedro Parente

"É interesse de Moçambique aprimorar estratégias de forma a tirar benefícios do apoio financeiro e assistência técnica da Itália, especialmente na iniciativa 'Itália-África'", disse Filipe Nyusi, citado hoje pela Televisão de Moçambique.

Filipe Nyusi falava em Roma, no fórum Moçambique-Itália, no âmbito da visita oficial que está a fazer a Itália até quarta-feira.

"O intercâmbio entre os dois países atestou nos últimos anos cifras a atingir aproximadamente 600 milhões de euros", afirmou.

Existem em Moçambique 40 empresas italianas em áreas como hidrocarbonetos, construção, turismo, logística, transporte, comércio de bens e consumo.

O Presidente moçambicano considera Itália um parceiro estratégico e afirmou que o país europeu poderá ser impulsionador do crescimento de alguns sectores em Moçambique, como carvão, indústria, mineração, gás e petróleo, onde a petrolífera Eni já está presente.

A petrolífera italiana Eni é uma das principais investidoras na exploração de gás natural na bacia do Rovuma, ao largo da costa norte de Moçambique, a par das norte-americanas Anadarko e Exxon Mobil.

A agenda de Nyusi em Itália prevê um encontro com o seu homólogo, Sergio Mattarella, e com a comunidade moçambicana residente no país.

O programa inclui ainda visitas a empreendimentos de interesse económico e social, bem como uma deslocação à província de Milão, onde Filipe Nyusi vai participar na Conferência Económica da Associação Nacional de Engenharia de Unidades Industriais (ANIMP, sigla italiana).

A deslocação a Itália acontece depois de o Presidente da República de Moçambique ter visitado Portugal.

Assuntos Moçambique  

Leia também