Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

06 Setembro de 2019 | 12h23 - Actualizado em 06 Setembro de 2019 | 14h16

Cabo Verde: Governo anuncia com um "muito bom" ano agrícola

Praia - O Governo não conta com um "muito bom" ano agrícola, apesar das previsões pluviométricas para, este ano, serem melhores do que as de 2018, disse quinta-feira, na cidade da Praia, o ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, noticiou a PANA.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cabo Verde: Vista parcial da Cidade da Praia

Foto: Santos Garcia

Cabo Verde: Vista parcial da Cidade da Praia

Foto: Lucas Neto

Comentando e m entrevista à Rádio de Cabo Verde, as primeiras chuvas que caíram no país nos últimos dias, o governante afirmou que se está a aguardar por outros eventos pluviométricos em todo o arquipélago cabo-verdiano, durante todo o mês de Setembro, e também em Outubro para que, depois, se possa então avaliar e ver até que ponto haverá produção este ano.

Mesmo assim, reforçou que a previsão é “pouco mais” do que a chuva registada em 2018.

“Mas estamos a falar de previsões, de modelos que podem finalmente ser confirmados ou não”, advertiu Gilberto Silva, avançando que se está a contar, pelo menos, com a produção de pasto.

O ministro disse ainda que o Governo estará “preparado” para implementar medidas que forem necessárias em todos os cenários possíveis.

“Temos que trabalhar para termos mais pasto este ano. Nós sentimos que os agricultores, hoje, estão muito mais preocupados com esta situação, estão mais sensibilizados e também (…) estão mais resilientes nesta matéria”, prosseguiu.

O governante adiantou ainda que desde o início da campanha agrícola os agricultores foram apoiados com sementes, estando, neste momento, o ministério e as delegações a proceder à distribuição de apoios, como forma de “aproveitar bem” a época chuvosa.

“Está havendo não só sementes, mas também outros materiais vegetais. Refiro-me por exemplo a materiais que devem ser preparados para a produção da batata, da mandioca (…) tudo isto, no sentido de tirarmos o melhor proveito da época pluviosa”, referiu.

Alertou que Cabo Verde está a passar por uma das piores secas nos últimos 40 anos.

Afirmou que a situação vigente “só é comparável às secas de 1947 e 1977, em que a situação foi muito complicada”.

“Em 1947, inclusive, houve mesmo fome e mortandade”, lembrou.

Assuntos Agricultura  

Leia também
  • 05/09/2019 16:54:56

    Moçambique vai ter primeira lei de agricultura em 2020

    Maputo - Moçambique vai ter a primeira lei da agricultura no próximo ano, como contributo para a melhoria do desempenho do sector e articulação entre as diferentes entidades da área, anunciou fonte do Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA).

  • 02/01/2019 14:14:48

    Batata rena do país alimenta o Malawi

    Mulanguene, Moçambique - Em Mulanguene, no interior centro de Moçambique, produz-se batata com fartura, mas os produtores não têm estradas para a escoar e são obrigados a vendê-la ao desbarato, no Malawi, país vizinho, informou a Lusa esta quarta-feira.

  • 15/10/2018 11:52:41

    UA analisa mecanismos para desenvolver sector agrícola africano

    Addis Abeba - A União Africana (UA) destacou a importância da parceria público-privada com o objectivo de catalisar investimentos no desenvolvimento do agronegócio no continente, noticia nesta segunda-feira a agência Prensa Latina.