Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

28 Maio de 2020 | 15h58 - Actualizado em 28 Maio de 2020 | 15h58

Sudão: Três dignitários do antigo contaminados pelo Covid-19

Khartoum - As autoridades sudanesas anunciaram quarta-feira, 27, que três dignitários do antigo regime estão contaminados com o coronavirus, na prisão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Sudão Sul

Foto: Angop

A informação, que foi dada pelo procurador sudanês, indica que os três acusados foram testados positivos ao Covid-19, que já contaminou quatro mil e 146 pessoas e matou 184 naquele país.

Ali Othman Taha, Ahmed Mohamed Haroun et Abdelrahim Mohamed Hussein estão presos na cadeia de Kober, em Khartoum, desde o derrube de Al Béchir, em Abril de 2019.

Os três políticos, acusados por corrupção e outros comportamentos negativos esperam pelo julgamento naquela cadeia.

Haroun e Hussein, que ocuparam várias funções de alto níveis são procurados pelo TPI, pelo seu papel no conflito de Darfour.

Béchir, que tomou o poder depois de um golpe de Estado, em 1989, é procurado pelo TPI, por “genocídio”, “crimes de guerra” e “crimes contra a humanidade” no quadro do conflito de Darfour (Oeste).

Desde o inicio do conflito em 2003, entre o regime central e os insurgentes saídos das minorias étnicas, 300 mil pessoas foram mortas e milhões foram deslocadas, segundo a ONU.

Assuntos Sudão  

Leia também