Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

03 Novembro de 2019 | 00h01 - Actualizado em 03 Novembro de 2019 | 00h01

Destacada importância do primeiro workshop sobre jornalismo e ambiente

Luanda- O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, destacou hoje, sábado, em Luanda, como importante a realização do primeiro workshop sobre jornalismo e ambiente desenvolvimento sustentável, para que os profissionais possam ter ferramentas suficientes para abordar com profundidade questões ligadas ao ambiente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando à imprensa no final do encontro, disse que do seu ponto de vista foi uma actividade bem acolhida pelos profissionais da comunicação social, pois fazia sentido ter uma formação dessa perspectiva.
“A nossa cobertura em relação ao ambiente era muito marginal que resultava de certo modo de alguma forma em desconhecimento profundo nosso, sobre muitas matérias específicas ambientais”, acrescentou.
Teixeira Cândido prometeu “sentar” com o Ministério do Ambiente para firmar um plano mais longo e profundo, para de maneira sectorizada discutirem questões mais concretas, por formas a  poder monitorar os jornalistas de conhecimentos suficientes, para poderem fazer uma abordagem mais sustentável sobre as questões ambientais.

Referiu que actualmente quando se fala de desenvolvimento, não é possível dissociá-lo das questões ambientais, e tem se estado a pensar que progresso pressupõe erguer edifícios e infra-estruturas, descurando a questão ambiental que tem sido marginal nas agendas jornalísticas.

Agradeceu a colaboração do Ministério no sucesso do workshop, reiterando a continuar as abordagens profundas sobre questões ambientais por parte dos jornalistas, com a participação destes 33 profissionais em próximos eventos do género, para terem informações muito mais consolidadas sobre o ambiente.

Disse por outro lado não ser apenas uma exigência do SJA em relação ao ambiente, mas também em relação a todos outros sectores, porque hoje com as redes sociais não basta o jornalista informar ou noticiar simplesmente, mas informar com profundidade e abordagens concretas sobre as matérias a divulgar.

Durante dois dias, os participantes abordaram sobre "As queimadas e incêndios florestais", "Alterações climáticas", "O ambiente no plano nacional de desenvolvimento", "Saneamento básico", "Energias renováveis", " Programa nacional de qualidade ambiental 2015-2020", "Avaliação de impacto ambiental".

Assuntos Ambiente  

Leia também
  • 02/11/2019 23:51:12

    Mais de 60 por cento da população possui gerador em casa

    Luanda-Sessenta e cinco por cento da população do país possui gerador em casa para consumo de energia térmica alternativa, segundo cálculos do estudo do engenheiro mecânico, Franztes José Coxe.

  • 02/11/2019 18:00:12

    Estado do mar

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 deste domingo (dia 03), para as quatro regiões litorais de Angola, as seguintes condições climatéricas para a navegação marítima:

  • 02/11/2019 17:01:38

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 deste domingo (dia 03), para a região Norte do país, a ocorrência de chuva moderada, podendo ser localmente forte, acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, Malanje e da Lunda Norte.