Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

06 Novembro de 2019 | 14h59 - Actualizado em 06 Novembro de 2019 | 15h33

Angola prepara relatório sobre alterações climáticas

Luanda - O Governo de Angola, através do Ministério do Ambiente, vai elaborar o primeiro Relatório de Actualização Bienal de Angola (Bur), onde constarão as principais informações nacionais de actualização do país sobre as medidas de mitigação ambiental.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para o efeito foram hoje (quarta-feira), criadas as primeiras equipas para a elaboração do documento durante um workshop de lançamento do processo, em acto orientado pelo director de Gabinete de Alterações Climáticas do Ministério do Ambiente, Giza Martins.

O documento visa apresentar o quadro real de Angola, num período de dois anos, a nível global, e conterá informações a serem emitidas pelos países em vias de desenvolvimento com procedimentos de investigação para mitigação de impactes, com base na Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas.

Por sua vez, a representante da Programa das Nações Unidas para Ambiente (UNEP), Elca Wabusya, assegurou que a criação do relatório servirá de suporte ao Governo na apreciação de estudos de impacto, além da monitorização e auditorias, para que os investimentos sejam naturalmente rentáveis e sustentáveis.

Segundo frisou, o plano apresentará os riscos ambientais, sociais e económicos cada vez mais evidentes e, por outro lado, envolvendo riscos que ainda não eram apreciados de forma transparente.

O documento pretende ainda, avaliar e buscar soluções, utilizando procedimentos de investigação com profundidade sobre medidas de mitigação do país, além de permitir constatação do que é efectuado, bem como adequação em promover as responsabilidades das partes e aumentar a confiança de todos dentro do sistema.

O relatório, vai ajudar também, fazer um diagnostico mais preciso, contendo informações sobre as gazes, dificuldades e lacunas técnicas e financeiras, dentre outras informações que se julgam importantes.

Em Angola, inundações, cheias, secas, erosão dos solos e o aumento do nível das águas do mar são os principais efeitos das alterações climáticas no país, de acordo um informe do Ministério do Ambiente.

Assuntos Ambiente  

Leia também
  • 03/11/2019 00:01:36

    Destacada importância do primeiro workshop sobre jornalismo e ambiente

    Luanda- O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, destacou hoje, sábado, em Luanda, como importante a realização do primeiro workshop sobre jornalismo e ambiente desenvolvimento sustentável, para que os profissionais possam ter ferramentas suficientes para abordar com profundidade questões ligadas ao ambiente.

  • 02/11/2019 23:51:12

    Mais de 60 por cento da população possui gerador em casa

    Luanda-Sessenta e cinco por cento da população do país possui gerador em casa para consumo de energia térmica alternativa, segundo cálculos do estudo do engenheiro mecânico, Franztes José Coxe.

  • 02/11/2019 18:00:12

    Estado do mar

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 deste domingo (dia 03), para as quatro regiões litorais de Angola, as seguintes condições climatéricas para a navegação marítima: