Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

28 Dezembro de 2017 | 13h11 - Actualizado em 28 Dezembro de 2017 | 13h09

Angola recupera literatura científica de Portugal

Luanda - O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) anunciou a recuperação de 201 exemplares da literatura científica sobre Angola na posse de Portugal, na sua maioria, produzida antes de 1975.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Acervo bibliográfico no Arquivo Histórico Nacional (foto arquivo)

Trata-se de revistas, livros, relatórios, comunicações, memórias, trabalhos, artigos, boletins, teses de doutoramento, dissertações de mestrado, cadernos, entre outros, essencialmente produzidos antes de 1975, sobretudo sobre o sector da agricultura.

Uma nota de imprensa do MESCTI a que a Angop teve hoje acesso dá conta que o processo se iniciou na legislatura anterior, com o então Ministério da Ciência e Tecnologia (MESCT), no cumprimento da sua missão enquadrada no Plano Nacional de Desenvolvimento 2013-2017.

O MESCTI prometeu, assim que esteja disponível, dar a conhecer à comunidade científica como aceder ao material.

Indicou que das obras recuperadas a mais antiga é de 1939, dos autores, J. Gossweiller e F.A. Mendonça, com o título “Carta Fitogeográfica de Angola”, publicada pela editora Governo Geral de Angola Ministério das Colónias. Tipo de publicação: Mapa (4).

O mais recente é de João António, datado de 2008, com o título “O Micro-crédito como ferramenta para o relançamento da cultura do café na região agrícola do Libolo e Amboim (Angola)”, publicado pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa. Tipo de publicação: Dissertação de Mestrado.

Assuntos Ciências   Literatura  

Leia também
  • 27/12/2017 22:26:56

    Malanje: "AngoSat-1" garante autonomia nas telecomunicações e inclusão digital

    Malanje - Numa era em que a comunicação dita o desenvolvimento de qualquer país, a todos os níveis, a colocação em órbita do primeiro satélite angolano - o "AngoSat-1", simboliza o ponto de partida para o alcance da autonomia das telecomunicações, abrindo perspectivas para a redução drástica da info-exclusão, garantiu, nesta quarta-feira, o especialista em telecomunicação, Teófilo Marques.

  • 14/12/2017 15:22:30

    Feira apresenta sistema inteligente em estacionamento

    Luanda - Um sistema automático para facilitar o estacionamento em parques e um protótipo de arma a lazer destacam-se entre os 162 projectos expostos na 9ª edição da feira de Inovação Tecnológica (FITITEL) aberta hoje em Luanda.

  • 12/12/2017 16:58:46

    Ministra diz que país deve reduzir o desfasamento no sector da ciência

    Luanda - A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), Maria do Rosário Bragança Sambo, disse hoje, em Luanda, que o país deve trabalhar mais para eliminar o desfasamento entre as políticas da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) e a sua implementação.