Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

15 Junho de 2017 | 18h41 - Actualizado em 15 Junho de 2017 | 18h41

Angosat1 dinamiza telemedicina em Angola

Luanda - A entrada em funcionamento do primeiro satélite angolano "Angosat1", previsto para o presente ano, vai dinamizar o serviço de telemedicina, perspectivou hoje (quinta-feira) o ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Antena receptora do Angosat1

Foto: Lino Guimaraes

Segundo o governante, que falava em Luanda numa palestra sobre "Os benefícios do Angosat 1", o serviço de telemedicina vai facilitar o acesso rápido aos serviços especializados de saúde. 

De acordo com ele, o processo para a realização da telemedicina estão a consertados com o Ministério da Saúde e com a entrada do Angosat1 em órbita este serviço funcionará com eficiência.

O satélite angolano Angosat 1 está a ser construído na Rússia e tem seguinte segmento espacial: posição orbital 14.5 E, peso mil 55 quilogramas, peso de carga útil 262.4 quilogramas, potencia de carga útil três mil 753 W, banda de frequência CKu, número de repetidores 16C+6Ku e com uma vida útil de 15 anos.

O centro de controlo e missão de satélites do Angosat 1, localizado na comuna da Funda, município de Cacuaco, norte da província de Luanda, o tipo do Angosat 1, como um satélite geoestacionário artificial, está localizado a 36 mil quilómetros a nível do mar, tem a mesma velocidade da rotação da terra que e consegue cobrir um terço do globo terrestre.

A duração da construção do Angosat 1 está projectada para 36 meses. O satélite angolano vai possuir um centro primário de controlo e missão em Angola e outro secundário na Rússia.

Leia também
  • 15/06/2017 18:29:30

    Angosat1 vai vender 80 porcento dos seus serviços

    Luanda - O ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, informou hoje (quinta-feira), em Luanda, que 10 porcento do serviço será reservado às questões estratégicas do Estado e outras 10 para questões sociais.

  • 10/06/2017 06:00:47

    UMA e UAN realizam concurso nacional de jogos

    Luanda - As universidades Metodista de Angola (UMA) e a Agostinho Neto (UAN) realizam no dia 22 de Junho, em Luanda, a II edição do concurso nacional de criação de jogos em plataformas Android, IOS e Windows Phone.

  • 06/06/2017 15:13:28

    País conta com um software de informação sobre os serviços de saúde

    Luanda - Uma plataforma tecnológica denominada "Appy Saúde" de prestação de serviços de saúde foi desenvolvida por um grupo de empresários angolanos em 2015 para cada vez mais informar a população sobre a localização dos hospitais, especialidades, horários, distâncias e contactos, soube hoje a Angop.