Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

06 Dezembro de 2017 | 20h57 - Actualizado em 06 Dezembro de 2017 | 20h56

Mangais alberga Rali Raid/Carr-2017

Luanda - A sexta jornada do Campeonato Angolano de Rali Raid/Carr-2017 realizar-se sábado, no circuito dos Mangais, já com três campeões antecipados na classe M (motos de duas rodas), em PICK-UP (Jipe) e Q (quads).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

MESA DE PRESÍDIO DA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA SOBRE RALI RAID

Foto: Henri Celso

Trata-se do piloto Rui Carvalho, classe M, ao volante de uma moto Honda CRF 450, de Maló Almeida, classe PICK-UP, ao volante de um Nissam Navara e de Miguel Cardoso, classe Q, ao volante de uma KTM XC 525.

O facto foi anunciado nesta quarta-feira em conferência de imprensa de lançamento da competição, numa das salas do Hotel Epic Sana, em Luanda. A competição é organizada pela empresa angolana de eventos desportivos “MultiEventos” em parceria com a Federação da modalidade.

Com o primeiro lugar do pódio já decidido, os dois lugares restantes na classe M serão disputados por Fernando Oliveira (Husqvama 310), Célio Plácido (KTM 125 EXC), Bernardo Mira (KTM 250 EXC F), Ricardo Almeida (KT EXC 525) e Hugo Carvalho (KTM EXC 525).

Em PICK-UP, o despique será entre Hermogenes Pires (Land Rover Defender 110 3.9G.), Pedro Jesus (Jeep Wrangler 3.8G) e Eduardo Vieira (UMM Alter 3.0G).

Na classe Q (quads) o troféu já pertence a Miguel Cardoso (KTM XC 525), deixando a disputa para os lugares inferiores para Paulo Trindade (Honda TRX 450) e Alexandre Lopes (Yamaha Raptor 700).

Na classe E (especiais), onde não se regista ainda nehum vencedor, a luta será renhida entre os pilotos Edwin Santos (ao volante de um Polaris RZR XP 1000), Luís Abrantes (polaris RZR EX 9000) e João Lota (polares RZR XP 1000).  

A prova conta com um prólogo de 10 quilómetros (a ser percorrido duas vezes), uma especial com um percurso total de 42 quilómetros (a ser percorrido três vezes) e uma ligação com tapete asfáltico com cerca de seis quilómetros.

Segundo o programa distribuído à imprensa as actividades iniciam às 9 horas com o reconhecimento do prologo.
 

Este evento teve início dia 30 de Abril com a disputa do TT Baja de Quilengues, na província da Huíla. A novidade da época foi a realização da primeira edição do Rali Internacional TT Lupupa no mês de Junho.

Assuntos Desporto Motorizado  

Leia também
  • 09/07/2018 16:45:57

    Piloto da Multieventos vence Rali Internacional Lupupa

    Luanda - O piloto Rui Sousa conquistou o Rali Internacional Lupupa, na classe TT (carros, carrinhas e Jeeps), disputado de 6 a 8 deste mês no Waku Kungo, Cuanza Sul, com o tempo de dois minutos, 34 segundos e 20 décimos.

  • 13/06/2018 03:46:57

    Desporto motorizado carece de espaços

    Lubango - A Associação dos Desportos Motorizados da Huíla necessita pelo menos de dois milhões de dólares norte-americano, para construir um autódromo e uma sede da agremiação.

  • 27/05/2018 10:31:03

    Motocross: Ferme Baptista vence prova de motocross

    Ndalatando - O piloto Ferme Baptista sagrou-se vencedor da segunda etapa da prova nacional de motocross na categoria de 250 metros cúbicos, por sinal a melhor entre as demais, decorrida neste sábado, em Ndalatando, capital do Cuanza Norte.

  • 10/01/2018 16:35:50

    Mau estado do autódromo preocupa FADM

    Luanda - O mau estado do autódromo de Luanda, sobretudo do asfalto, preocupa a direcção da Federação Angolana de Desportos Motorizados (FADM), por perigar a vida dos pilotos.