Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Novembro de 2019 | 23h34 - Actualizado em 08 Novembro de 2019 | 10h24

Basquetebol:Gustavo apela ao diálogo aberto e urgente

Luanda - O antigo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Gustavo da Conceição, defende um diálogo franco e aberto para que a modalidade saia da actual crise de gestão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Gustavo da Conceição, presidente do (COA) " Comité Olímpico Angolana"(Arquivo)

Foto: Lino Guimarães

O ex-basquetebolista falava à Angop, a margem do XII Conselho Consultivo do Ministério da Juventude e Desportos, tendo defendido a realização de uma reunião urgente que junte toda a família do basquetebol para encontrarem as melhores soluções para que o basquetebol não caia no descrédito.

“ O basquetebol é mais do que uma modalidade, precisamos de união e ultrapassar este mau momento que se vive”, sublinhou.

Indicou que "temos uma grande responsabilidade em África e no mundo pela boa trajectória de anos de competição e organização. Então precisamos de soluções imediatas para voltar a dar dignidade a modalidade”.

Gustavo da Conceição manifestou-se disponível a ajudar os gestores da modalidade a tirar o basquetebol do marasmo, caso seja convidado a participar da assembleia-geral que poderá ter lugar nos próximos dias em Luanda.

Angola soma onze títulos de campeã de África em sénior masculino e dois na classe feminina. A nível de clubes é campeã em masculinos com as equipas do 1º de Agosto e Petro de Luanda, e Interclube em femininos.

 A modalidade com presença regular em campeonatos do mundo e jogos olímpicos, começou a viver situação de crise em Agosto, depois da participação de Angola no campeonato do mundo na China.

Em outubro último, o presidente cessante da FAB, Helder Cruz” Maneda”, e mais cinco membros da direcção, apresentaram a sua demissão, situação que obrigou  o adiamento "sine die" do campeonato nacional sénior masculino. A participação da selecção sénior feminina no torneio pré-olímpico em Maputo, também esteve em risco devido a decisão do elenco federativo.

Assuntos Basquetebol  

Leia também