Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

14 Janeiro de 2020 | 15h59 - Actualizado em 14 Janeiro de 2020 | 16h09

Co-fundadores do Sagrada podem regressar à direcção

Dundo - Leão Chimin e José Alberto dos Santos "Zeca Rosa" podem regressar à direcção do Sagrada Esperança, depois do seus afastamentos em Abril de 2010 dos cargos de presidente e vice.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

GRUPO DESPORTIVO SAGRADA ESPERANÇA

Foto: HÉLDER DIAS

Co-fundadores do clube, viram em 2010 a sua direcção ser dissolvida pelo presidente de Mesa da Assembleia-Geral, Ernesto Muangala, devido ao afastamento, na altura, do treinador da equipa principal de futebol, Napoleão Brandão.

Passados dez anos, as duas figuras estão agora no topo da única lista para candidatura da presidência do clube, encabeçada por José Muacabalo.

Caso José Muacabalo seja confirmado presidente do grémio "lunda", no dia 17 do mês em curso, na Assembleia Geral de Balanço e Renovação de Mandatos, Leão Chimin e Zeca Rosa assumirão os cargos de vice-presidente para o futebol e secretário-geral, respectivamente.

Considerados os mais críticos da direcção cessante, liderada por Osvaldo Van-Dúnem, nos últimos dez anos, Leão Chimin e Zeca Rosa integram a lista onde consta ainda o antigo árbitro internacional Lourenço Cariata e Silva Txinhama, actual presidente da claque do Sagrada Esperança e outras figuras.

À semelhança dos mandatos dos anteriores elencos, Ernesto Muangala, governador da Lunda Norte, aparece como presidente da Mesa da Assembleia-Geral do clube.

O programa com as linhas de força para o mandato de José Muacabalo ainda não foi tornado público, por estar ainda a ser analisado pela Administração da Endiama, presidida por Ganga Júnior.

Por força dos actuais estatutos, o presidente do Sagrada Esperança é indicado pelo presidente do Conselho de Administração da Endiama, daí a lista dos integrantes dos órgãos sociais passar, necessariamente, pelo “crivo” do PCA da Endiama, com vista à inclusão de uma figura influente na área de finanças da empresa.

Jurista e quadro da Endiama, empresa patrocinadora do Sagrada Esperança, José Muacabalo é actualmente vice-presidente de Mesa da Assembleia-Geral cessante. Já exerceu, de 2010 a 2016, o cargo de vice-presidente para o futebol da agremiação durante o consulado de Osvaldo Van-Duném.

Exímio conhecedor dos meandros, tanto da Endiama quanto das próprias hostes do Sagrada Esperança, José Muacabalo é apontado por muitos como o “ salvador” no que diz respeito ao resgate da mística da equipa.

O Sagrada Espera ocupa na presente época do Girabola o sétimo lugar, com 20 pontos.

Leia também
  • 30/12/2019 12:50:12

    Sagrada "bisa" 7º lugar da primeira volta de 2018

    Saurimo - Terminada a primeira volta do Girabola 2019/20, o Sagrada Esperança igualou a sétima posição da edição de 2018/19, porém, com um diferencial no número de golos marcados, sofridos, vitórias e empates.

  • 07/12/2019 22:43:33

    Girabola2019/20: Técnico da Caála culpa arbitragem pela derrota

    Dundo - O treinador adjunto do Recreativo da Caála, Luís Quintas, culpou hoje, sábado, a actuação da equipa de arbitragem, liderada por Rafael Dala, pela derrota da sua equipa frente ao Sagrada Esperança por 0-1, em jogo pontuável a 14ª jornada do Girabola2019/20.

  • 07/12/2019 20:53:58

    Girabola2019/20: ''Foi uma vitória extremamente difícil'' - Rui Oliveira

    Dundo - O técnico do Sagrada Esperança da Lunda Norte, Rui Oliveira, considerou hoje, sábado, de ''extremamente difícil", a vitória da sua equipa diante o Recreativo da Caála, em jogo pontuável para a 14ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2019/20).