Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

27 Janeiro de 2020 | 00h43 - Actualizado em 27 Janeiro de 2020 | 14h08

Helicóptero que matou Bryant tinha nove pessoas a bordo

Califórnia - Em entrevista colectiva realizada pela polícia de Calabasas, na Califórnia, as autoridades afirmaram que havia nove pessoas a bordo do helicóptero que caiu hoje (26), matando o ex-jogador de basquetebol Kobe Bryant.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Basquetebolista norte americano Kobe Bryant, falecido recentemente

Foto: Divulgação

As informações anteriores eram de que cinco pessoas haviam morrido. De acordo com afirmação actualizada da polícia, o aparelho levava oito pessoas e o piloto.

O acidente ocorreu às 9h47 da manhã no horário local (14h47 no horário de Brasília). Com a queda, o helicóptero pegou fogo e as chamas foram apagadas com dificuldade pelos bombeiros da cidade. Segundo a polícia, as investigações sobre as causas do acidente estão em andamento.

A imprensa norte-americana também confirmou que uma das filhas do ex-jogador, Gianna, de 13 anos, também estava no helicóptero. O comissário da NBA, Adam Silver, publicou uma declaração lamentando a morte de Bryant.

"A família NBA está devastada pela morte trágica de Kobe Bryant e sua filha, Gianna", disse Silver, em nota publicada no Twitter. Os outros passageiros da aeronave ainda não foram identificados, e os legistas afirmam que as identidade deles será revelada após testes de DNA.

Assuntos Mortes  

Leia também