Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

19 Fevereiro de 2020 | 06h13 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2020 | 11h32

Xadrez aguarda há 15 anos para entrar na escola

Luanda - Assinala-se esta quarta-feira o 41º aniversário da fundação da Federação Angolana de Xadrez, dos mais proeminentes desportos individuais do país, mas há 15 anos aguarda por oportunidade de entrar no currículo escolar.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Tabuleiro de Xadrez

Foto: Rosario dos Santos

Histórico pelo seu percurso e feitos, o xadrez esteve na fundação do Comité Olímpico Angolano, conserva mais de uma dezena de títulos continentais juniores, e o seu primeiro presidente tornou-se referência no Movimento Olímpico (Rogério Silva).

Não obstante, vê adiada uma das suas maiores iniciativas, que proporcionaria ganhos não apenas desportivos mas para o desenvolvimento individual do homem e da sociedade.

Em 2005, lançou-se o projecto de implementação do xadrez como disciplina curricular com a assinatura de um protocolo entre o Ministério da Educação e a Federação da modalidade, representados pelos seus então titulares, Burity da Silva e Aguinaldo Jaime, respectivamente.

Na altura, dentre os argumentos para justificar a parceria foram apontadas diversas vantagens extra-desportivas.

Trata-se de um projecto de importância relevante, porque além de desenvolver habilidades de observação, o xadrez tem grande influência na melhoria dos resultados académicos do estudante.

Por exemplo, ajudaria os alunos a desenvolver o seu intelecto, em termos de poder de concentração, raciocínio lógico-matemático, criatividade e imaginação.

O “jogo ciência” desenvolve também o sentido de responsabilidade, levando ao conhecimento dos erros cometidos e assumindo as consequências das decisões tomadas.

Além disso, permite ainda analisar sistematicamente os problemas, valorizar com antecipação as vantagens e inconvenientes de uma decisão e planificar as respostas de situações diversificadas.

O projecto até chegou a arrancar. O primeiro passo foi dado, com a realização da experiência piloto no Instituto Médio Industrial de Luanda, na escola Alda Lara, São José do Cluny e nas províncias de Benguela, Huíla e Cuanza Sul. Porém, desde então, caiu em "letra morta".

Durante a realização dos Jogos Zonais e Campeonatos Nacionais do Desporto Escolar, o xadrez ainda surge apenas como recreação, enquanto aguarda que seja melhor organizado e estruturado dentro do sistema.

Em 2012, Angola participou no fórum internacional do xadrez na escola, realizado na Turquia, onde foi reiterada a importância de se investir no desporto escolar, aproveitando como formadores jogadores experientes.

Existem países que já têm o “jogo ciência” bem introduzido no sistema de ensino e com resultados positivos, dentre os quais estão o Brasil, França, Rússia e Argentina.

Portanto, quando se celebra os 41 anos do órgão reitor do “jogo ciência” impõe-se uma reflexão sobre factores que impedem a efectivação do protocolo rubricado há 15 anos, porquanto a formação integral do homem teria a ganhar caso este tivesse em execução.

Fundada a 19 de Fevereiro de 1979, a Federação Angolana de Xadrez foi liderada sucessivamente por Rogério Silva, Fernando Coelho, Agnaldo Jaime e Tito Martins (actual), e distingue-se das demais modalidades individuais, graças aos seus 13 titulos continentais, percurso iniciado em 1993 por Adérito Pedro e que , nos últimos anos, vem sendo sedimentado pelo sector feminino, com destaque para Esperança Caxita, a um passo de sagrar-se grande mestre (GM), título nunca alcançado por um xadrezista angolano.

Assuntos Xadrez  

Leia também
  • 18/02/2020 23:25:39

    Xadrez: Sérgio Miguel empata e mantém liderança

    Luanda - O Mestre Fide (MF) Sérgio Miguel empatou hoje (terça-feira), com o especialista Jeovani Santos, em jogo da sétima jornada do torneio de xadrez alusivo ao 41º aniversário da fundação da Federação Angolana da modalidade, a assinalar-se esta quarta-feira (19).

  • 18/02/2020 02:46:37

    Sérgio Miguel lidera torneio alusivo ao aniversário da FAX

    Luanda - O Mestre Fide (MF) Sérgio Miguel lidera, com seis pontos, o torneio de xadrez alusivo ao 41ª aniversário da fundação da Federação Angolana da modalidade, a assinalar-se na quarta-feira (19).

  • 11/02/2020 14:10:40

    Provincial de xadrez arranca em Malanje

    Malanje - Dois empates marcaram certo equilíbrio no arranque do campeonato provincial de xadrez em Malanje, entre nove jogos realizados esta segunda-feira, numa prova que decorre até o dia 16 deste mês.