Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

27 Julho de 2020 | 21h51 - Actualizado em 27 Julho de 2020 | 21h45

Angolano salva Vitória de Setúbal da "queda"

Luanda - Após sequência de 12 jogos sem vencer e em risco de descida de divisão, o técnico angolano Lito Vidigal cumpriu com o objectivo pelo qual foi contratado em Junho último, manter o Vitória de Setúbal na primeira liga portuguesa de futebol.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Lito Vidigal ao serviço da selecção nacional

Foto: Lino Guimaraes

Fábio Abreu - 5º goleador da Liga Nos

Foto: Divulgação

Domingo foi um dia memorável para o conjunto. Após triunfo em sua casa, no Estádio Bonfim, diante do Belenenses, por 2-0, com golos de Jubal Rocha e Bruno Pires, o Vitória de Setúbal carimbou a permanência na também denominada “Liga Nos”.

Com o resultado, a equipa chegou aos 34 pontos, classificando-se na 16ª posição.

Assim, descem de divisão o Portimonense (17º colocado com 33 pontos) e o Aves (18º/17 pts).

A prova foi ganha pelo FC do Porto com 82 pontos, contra 77 do Sport Lisboa e Benfica, na segunda posição.

Envolto em maus resultados, Lito Vidigal orientou a equipa nas últimas quatro jornadas, sendo o quarto treinador na época de 2019/20. Sandro Mendes esteve entre a primeira e oitava jornada, Albert Meyong entre a nona e 11.ª, e Júlio Velázquez fê-lo entre a 12.ª e 29.ª ronda.

De 50 anos de idade, o antigo técnico da selecção nacional assume o comando da colectividade de Setúbal pela segunda vez. Em 2018/19, o treinador foi substituído por Sandro Mendes, após a 18.ª jornada com um saldo de cinco triunfos, quatro empates e nove derrotas.

Angolano Fábio Abreu entre os melhores marcadores do Campeonato:

O atacante, de 27 anos, terminou na 5ª posição da lista dos goleadores com 13 remates certeiros em 34 jogos.

Ao longo da competição, Fábio Abreu revelou-se decisivo na manobra da equipa, o Moreirense, valendo-lhe quase sempre a titularidade, sendo também ele responsável pela 8ª posição do conjunto, com 43 pontos.

O ponta-de-lança Carlos Vinícius, do Sport Lisboa e Benfica, foi o goleador da prova com 18 tentos em 32 jogos, seguido do seu colega de equipa, o médio Pizzi, com o mesmo número de golos, mas em 34 desafios.

A bota de ouro desta maior competição lusa de futebol já foi ganha por vários angolanos, destacando-se Rui Jordão e Vata. 

Rui Jordão (já falecido) foi artilheiro por duas vezes, uma pelo Benfica, que representou nas épocas de 1971/1972 e 1975/1976, e outra pelo Sporting (1977/1978 e 1986/1987). 

O atacante Matanu Garcia "Vata" obteve o feito em 1988, também ao serviço do Sport Lisboa e Benfica. 

Assuntos Futebol  

Leia também
  • 27/07/2020 08:52:52

    Juventus vence Sampdoria e sagra-se campeã italiana

    Roma - A Juventus, do português Cristiano Ronaldo, garantiu neste domingo a conquista do nono título consecutivo de campeã italiana de futebol, o 36.º da sua história, ao vencer em casa a Sampdoria, por 2-0, na 36.ª jornada.

  • 26/07/2020 20:56:25

    Mário Soares anuncia saída do CDH

    Lubango - Quatro temporadas depois, o técnico Mário Soares anunciou neste domingo, no Lubango, a sua saída do Clube Desportivo da Huíla (CDH), para integrar o quadro técnico do 1.º de Agosto, onde possui contrato como funcionário.

  • 26/07/2020 17:43:25

    Sagrada garante contratações de "peso"

    Dundo - O Sagrada Esperança da Lunda Norte garantiu o concurso de dois futebolistas oriundos do campeonato português e turco, afirmou à Angop, neste domingo, o técnico da equipa, Roque Sapiri.