Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Setembro de 2016 | 13h04 - Actualizado em 08 Setembro de 2016 | 13h04

Empresário Kangamba pede reforço na fiscalização dos preços dos alimentos

Luanda - O empresário angolano Bento dos Santos ?Kangamba? pediu maior empenho das autoridades fiscalizadoras no sentido de regularizar a tabela de preços dos produtos alimentares básicos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arroz e outros produtos

Foto: Pedro Parente

Em declarações hoje, quinta-feira á Angop, o empresário  desencorajou os comerciantes que se aproveitam da situação para adquirir lucro fácil, na venda de produtos alimentares, principalmente os básicos.

O empresário defendeu maior fiscalização, num  trabalho conjunto de inspecção, com vista a regularização da tabela do preço dos produtos que compõe a cesta básica.

Na sua opinião, as administrações municipais e distritais devem, no quadro das suas atribuições,  avaliar periodicamente o cumprimento da tabela de preços de alguns produtos da cesta básica.

Segundo  Bento Kangamba é possível constatar que diariamente os preços alteram, por isso há necessidade de mais fiscalização nos mercados e estabelecimentos comerciais.

“ O comportamento especulativo está a resultar em prejuízo para grande parte das famílias que por incapacidade financeira não conseguem acompanhar a subida regular dos produtos básicos”, lamentou.

Considerou fundamentais que se tracem soluções para a melhoria desse quadro junto das autoridades que regulam os preços no país.

No mercado luandense um saco de arroz de  25 quilogramas custa dez mil kwanzas contra os anteriores seis mil e quinhentos, já a mesma quantidade de farinha de milho passou de seis mil para oito mil, enquanto a caixa de óleo vegetal esta ser comercializada por 10 mil Kwanzas.

Leia também