Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Dezembro de 2017 | 14h13 - Actualizado em 06 Dezembro de 2017 | 19h06

Construção de subestações eléctricas termina em 2018

Waku-Kungo - Três subestações eléctricas que vão receber a energia de Laúca e Cambambe , no município da Cela, província do Cuanza Sul, ficam concluídas em Março de 2018, garantiu hoje à Angop o encarregado da Obra da empresa Chinesa, Zhang Zun.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Sul: Subestação eléctrica

Foto: Inácio Sabino

A informação foi avançada durante a visita de trabalho de campo realizada pela administradora municipal Amélia Agria Russo, com vista a inteirar-se do andamento das obras.

A  construção destas infra-estruturas, que vão abastecer energia as províncias do centro e sul do país, comportam uma subestação de 400 kilovolts, outra de 220 KV e de 60 KV, explicou o encarregado.  

Durante a visita à subestação, o encarregado afirmou que a construção da linha de transmissão  de energia eléctrica  de Laúca para Waku Kungo e desta para outros pontos do país, termina no final de 2018, dada a complexidade do referido trabalho, bem como as fortes chuvas que caiem nas regiões por onde vai passar a linha de condução da energia.

Para  a administradora municipal, a chegada da  energia eléctrica vai  permitir alavancar a agro-indústria e o desenvolvimento de outros  sectores.

Referiu que muitos projectos no município estão paralisados por falta de energia, mas a chegada da energia eléctrica vai permitir que os mesmos possam ser relançados.

As obras de construção das subestaçoes tiveram inicio em 2016. A cidade do Waku kungo é actualmente fornecida de energia por um grupo gerador de 700 KVA da Empresa Nacioal de Distribuição de Electricidade (ENDE) com bastantes restrições.  

Leia também
  • 30/10/2018 16:34:35

    Mussende vai produzir 720 mil toneladas de arroz

    Sumbe - Cerca de 10 mil hectares destinados ao cultivo de arroz foram preparados este ano, no município do Mussende, província do Cuanza Sul, para produzir 720 mil toneladas de arroz, com vista a reduzir as importações e contribuir na auto-suficiência do mercado nacional.

  • 26/10/2018 15:38:49

    Sector mineiro solicita mais empenho dos quadros

    Sumbe - O secretario de Estado Geologia e Minas, Jânio da Rosa Corria Victor, solicitou hoje, na cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, um maior desempenho dos quadros do sector, tendo em conta os novos desafios da indústria de hidrocarbonetos e mineira.

  • 26/10/2018 13:04:06

    INCA tem 600 mil mudas de café para distribuir

    Sumbe - O Instituto Nacional do Café de Angola (INCA) no Cuanza Sul tem em viveiro 600 mudas de café arábica e robusta, para distribuir aos produtores, informou hoje na cidade do Sumbe o seu director, Magalhães Lourenço.

  • 24/10/2018 16:39:54

    Ferrangol deixará de ser concessionária

    Sumbe - A Ferrangol deixará de exercer o papel de concessionária, dedicando-se exclusivamente à produção de metais ferrosos, no âmbito do programa de reestruturação e ajustamento do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos (Mirempet).