Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2018 | 17h03 - Actualizado em 08 Novembro de 2018 | 17h03

Governo pede fim à fuga ao fisco

Cuito - O governador da província do Bié, Pereira Alfredo defendeu hoje, na cidade do Cuito, a necessidade da Delegação das Finanças pôr fim à fuga ao fisco, para que o Estado possa aumentar a colecta de receitas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bié: Pereira Alfredo - Governador da província da província

Foto: Leonardo Castro

Em declarações à Angop, o governante disse ser necessário a Delegação das Finanças, através das suas repartições fiscais, aumentar a fiscalização junto das empresas para evitar a fuga ao fisco.

Entretanto, a Repartição Fiscal do Cuito arrecadou, no primeiro trimestre deste ano, 655 milhões e 48 mil Kwanzas, contra 610 milhões e 491 mil, em igual período anterior, resultante de pagamentos de impostos de rendimento de trabalho, aplicação de capitais, industrial, predial urbano, multas e penalidades, serviços comunitários e comerciais, impostos de selo, receitas dos serviços de conservatória e serviços notariais, juros de mora, multas fiscais e de dívidas, entre outras, fontes de receitas.

Além da repartição do Cuito, os municípios do Cunhinga, Chitembo e Catabola também contribuíram na colecta destas receitas.

A província do Bié, centro de Angola, possui um milhão, 455 mil e 255 habitantes, distribuídos em nove municípios, sendo que apenas as localidades do Andulo, Cuito, Chinguar e Camacupa dispõem de repartições fiscais, enquanto Catabola, Chitembo, Nhârea e Cuemba não possuem.

Assuntos Província » Bié   Receitas  

Leia também
  • 31/10/2018 19:18:42

    Mais de dois mil hectares corrigidos com calcário

    Cuito - Mais de dois mil hectares terra desbravados mecanicamente na presente na presente campanha agrícola serão corrigidos com o calcário dolomítico, de modo a aumentar e melhorar a colheita de cereais.

  • 29/10/2018 17:08:36

    Receitas fiscais crescem no Andulo

    Andulo - Quarenta milhões e 502 mil kwanzas é valor arrecadado de Janeiro a Setembro deste ano, pela Repartição Fiscal do município do Andulo, 130 quilómetros a Norte da cidade do Cuito (Bié), mais quatro milhões de kwanzas em relação ao igual período anterior.

  • 26/10/2018 17:36:57

    Banco Atlântico focado no sector produtivo local

    Cuito - O Banco Millennium Atlântico pretende financiar o sector produtivo na província do Bié, através de apoio aos empresários, com projectos viáveis, de modo a alavancar a economia local.