Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2018 | 12h01 - Actualizado em 08 Novembro de 2018 | 12h01

Projecto agrícola de Lukunga prevê colher 161 toneladas de produtos

Mbanza Kongo - Cento e 61 toneladas de produtos agrícolas diversos esperam ser colhidas na campanha 2018/2019 na fazenda denominada Colina de Lukunga, no município do Tomboco, província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Campo agrícola

Foto: Agostinho Kilemba

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, o responsável do projecto, José Santana Cardoso, que não avançou dados comparativos face a última safra, precisou que perspectiva-se a colheita de 75 toneladas de abacaxi, 60 toneladas de banana e 28 de laranjas.

O projecto Colina de Lukunga, segundo a fonte, começou a ser implementado há dois anos, numa área de 150 hectares, devendo evoluir para 300 hectares, na fase posterior, que deverá incluir culturas como a manga, o mamão, a maracujá e hortícolas.

Pelo menos 50 trabalhadores prestam serviço nesta fazenda que reservará, ainda, dois hectares para a criação de estufas de mudas de tomate, pepino e pimento.

De acordo com o responsável, para além das abundantes chuvas na região, o projecto conta também com um sistema de irrigação artificial, suportado por dois reservatórios de água com a capacidade total de seis mil metros cúbicos.

A falta de energia eléctrica foi apontada como constrangimento e que condiciona a exploração de todo o potencial produtivo, lamentando as avultadas despesas em combustível para fazer funcionar as fontes alternativas a gasóleo disponíveis.

A capital do país, Luanda, é o potencial mercado de consumo de toda a produção da fazenda, disse a terminar, o interlocutor.


 

Leia também
  • 05/11/2018 17:20:27

    Madang EP sem qualquer ligação aos entrepostos de madeira

    Luanda - O Ministério da Agricultura e Florestas esclareceu em hoje, em nota de imprensa, que a empresa Madang EP não tem qualquer ligação com a gestão dos entrepostos de produtos florestais em construção no País e muito menos é gerida por cidadãos de nacionalidade chinesa.

  • 05/11/2018 16:51:45

    Clientes do BPC agastados com encerramento do balcão

    Mbanza Kongo - Os clientes do Banco de Poupança e Crédito (BPC) em Mbanza Kongo, província do Zaire, reconheceram hoje, segunda-feira, estarem a atravessar imensas dificuldades nas transacções bancárias com o encerramento, há dias, do segundo posto de atendimento nesta cidade.

  • 05/11/2018 12:58:56

    BPC encerra balcão em Mbanza Kongo

    Mbanza Kongo - O Banco de Poupança e Crédito (BPC) procedeu, há dias, ao encerramento do seu segundo balcão de atendimento na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, soube hoje, segunda-feira, a Angop.