Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2018 | 12h01 - Actualizado em 08 Novembro de 2018 | 12h01

Projecto agrícola de Lukunga prevê colher 161 toneladas de produtos

Mbanza Kongo - Cento e 61 toneladas de produtos agrícolas diversos esperam ser colhidas na campanha 2018/2019 na fazenda denominada Colina de Lukunga, no município do Tomboco, província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Campo agrícola

Foto: Agostinho Kilemba

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, o responsável do projecto, José Santana Cardoso, que não avançou dados comparativos face a última safra, precisou que perspectiva-se a colheita de 75 toneladas de abacaxi, 60 toneladas de banana e 28 de laranjas.

O projecto Colina de Lukunga, segundo a fonte, começou a ser implementado há dois anos, numa área de 150 hectares, devendo evoluir para 300 hectares, na fase posterior, que deverá incluir culturas como a manga, o mamão, a maracujá e hortícolas.

Pelo menos 50 trabalhadores prestam serviço nesta fazenda que reservará, ainda, dois hectares para a criação de estufas de mudas de tomate, pepino e pimento.

De acordo com o responsável, para além das abundantes chuvas na região, o projecto conta também com um sistema de irrigação artificial, suportado por dois reservatórios de água com a capacidade total de seis mil metros cúbicos.

A falta de energia eléctrica foi apontada como constrangimento e que condiciona a exploração de todo o potencial produtivo, lamentando as avultadas despesas em combustível para fazer funcionar as fontes alternativas a gasóleo disponíveis.

A capital do país, Luanda, é o potencial mercado de consumo de toda a produção da fazenda, disse a terminar, o interlocutor.


 

Leia também
  • 05/02/2019 10:48:40

    Cuimba ganha primeira agência bancária

    Mbanza Kongo - A vila do Cuimba, situada a 62 quilómetros a Nordeste da cidade de Mbanza Kongo, conta, desde segunda-feira, com uma dependência do Banco de Poupança e Crédito (BPC), a primeira a abrir as portas naquela localidade, desde 1975.

  • 02/02/2019 19:13:44

    China promete mais investimentos nos sectores da agricultura e indústria

    Soyo - O embaixador da China em Angola, Cui Aimin, reiterou sexta-feira, na cidade do Soyo, província do Zaire, o apoio do seu país no desenvolvimento dos sectores da agricultura e indústria.

  • 02/02/2019 12:56:57

    Huíla: Caluquembe necessita de mais 50 técnicos agrícolas

    Caluquembe - O município de Caluquembe, a cerca de 193 quilómetros a norte do Lubango, província da Huíla, precisa de pelo menos 50 técnicos agrícolas para dar resposta às 225 associações e 50 cooperativas de camponeses nas comunas da Sede, Calepi e N'gola, que compreendem a circunscrição.

  • 02/02/2019 10:08:20

    Huíla: Caluquembe colhe 15 toneladas de café arábico em 2018

    Caluquembe - Quinze toneladas de café arábico foram colhidas no ano agrícola de 2018 no município de Caluquembe, província da Huíla, registando um aumento de mais sete toneladas em relação a 2017, anunciou hoje (sábado) o director local da Agricultura, Pecuária e Pescas, Eliseu José.