Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Maio de 2018 | 16h29 - Actualizado em 15 Maio de 2018 | 16h39

CFL faz transferência do combustível dos vagões descarrilados

Luanda - O Caminho de Ferro de Luanda (CFL) está a fazer a transferência do combustível dos vagões cisternas do comboio que se descarrilou no dia 08 deste mês, no município de Cacuso, província de Malanje, para cisternas em terra.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o administrador técnico de CFL, Manuel Lourenço, que falava à Televisão Pública de Angola (TPA), com a remoção dos vagões descarrilados está ser possível fazer a reposição da linha danificada por sinal também já velha.

Homens e máquinas foram mobilizados para substituir as travessas que datam desde o tempo colonial, numa extensão de 200 metros.

A empreitada enfrenta alguma morosidade face às chuvas que caem nos últimos dias o que impossibilita as manobras dos equipamentos.

 “Há charcos, o terreno está escorregadio, mas estamos a trabalhar em regime de stop”, frisou.

 Alem deste troço, considerado crítico, a administração de Caminho de Ferro de Luanda identificou outros que deverão ser intervencionados para melhorar a locomotiva.

 “Esta é uma via com grande complexidade, porque é um troço antigo (Quizenga - Cacuso) troço com cerca de 215 quilómetros, tem curvas apertadas, por isso que é um troço difícil”, concluiu.

Com descarrilamento do comboio, uma cisterna com 330 metros cúbicos fez vazar  gasóleo, mas a situação ficou controlada.

O comboio do Caminho de Ferro de Luanda (CFL), com seis vagões cisternas de gasóleo, que fazia o trajecto Luanda/Malanje, descarrilou dia 8 deste mês, na comuna de Quizenga (município de Cacuso).

Assuntos Transporte  

Leia também
  • 05/02/2019 13:04:36

    Serviço de cabotagem em Cabinda arranca este ano

    Luanda - A província de Cabinda contará, a partir deste ano, com o serviço de cabotagem de passageiros e carga, disse nesta segunda-feira o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida.

  • 31/01/2019 16:13:55

    Receitas da Unicargas crescem 27% em 2018

    Luanda - Quatro mil milhões, 616 milhões, 805 mil e 873 kwanza é o valor de receitas arrecadadas, de Janeiro a Novembro, pela Transportadora de Cargas, Operadora de Terminais e Transitário (Unicargas), um aumento de AKz 990 milhões, 81 mil e 369 em relação ao período homólogo de 2017.

  • 25/01/2019 17:49:39

    Trabalhadores do CFL suspendem greve

    Luanda - Os 17 comboios do Caminho de Ferro de Luanda (CFL) voltam a circular com normalidade, a partir da próxima segunda-feira, como resultado da suspensão da greve geral iniciada a 14 de Janeiro. A suspensão deve vigorar até ao dia 31 de Março próximo.

  • 24/01/2019 09:12:48

    Grevistas do CFL repõem serviços mínimos

    Luanda - Os trabalhadores do Caminho de Ferro de Luanda (CFL) retomaram, nesta quinta-feira, os serviços mínimos, com a circulação de um comboio no trajecto Viana/Bungo, actividade interrompida há quatro dias, no quadro da greve geral.