Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Junho de 2018 | 12h26 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 12h25

Sonangol quer estancar tendência de baixa de produção

Luanda - A Sonangol reuniu-se nesta terça-feira com os representantes das operadoras petrolíferas que operam no País, com o objectivo de buscar soluções viradas à inversão da tendência de declínio da produção petrolífera em Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sede da Sonangol

Foto: Pedro Parente

O encontro, que foi presidido pelo presidente da Sonangol, Carlos Saturnino, contou com a presença de todas as empresas petrolíferas a operarem no País, e começou por analisar a produção de petróleo no passado e no presente.

As empresas operadoras foram incentivadas a apresentar projectos e ideias que possam concorrer para a quebra da tendência instalada e o consequente aumento da produção, acções que podem ter como aliados os decretos inerentes recentemente exarados pelo nosso executivo.

No encontro, foram também analisados os principais factores que afectam a produção, hoje, com o objectivo de chamar a atenção das operadoras para, entre outros aspectos, as actividades de manutenção das infra-estruturas que têm criado algumas perdas substanciais.

A reunião abordou ainda as futuras oportunidades e foi lançado um desafio às empresas operadoras no sentido de, já no próximo encontro, previsto para o mês de Julho, apresentarem propostas concretas que a curto prazo auxiliem as acções já em curso para que a produção petrolífera no País, conheça outros níveis.

Assuntos Petróleos  

Leia também
  • 14/06/2018 10:15:32

    Brent abre em baixa em Londres

    Londres - O barril de petróleo Brent, para entrega em Agosto, abriu hoje em baixa no mercado de futuros de Londres, ao ser negociado a 76,50 dólares norte-americanos, uma variação de 0,24 dólares em relação ao fecho anterior.

  • 13/06/2018 18:38:41

    Petróleo rende mais de 253 biliões de kwanzas

    Luanda - A exportação de petróleo bruto rendeu, em Maio deste ano, aos cofres do Estado angolano, 253 biliões, 359 milhões, 295 mil e 400 kwanzas (um bilião, 60 milhões, 788 mil e 654 dólares), com a venda de 49 milhões, 830 mil e 908 barris de crude.

  • 13/06/2018 16:22:30

    ENI presta assistência técnica e financeira à Sonangol

    Luanda - A petrolífera Italiana ENI Angola vai prestar serviços de assistência técnica e financeira à Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola - Sonangol, num período de 30 a 36 meses, anunciou hoje o presidente do Conselho de Administração, Carlos Saturnino.