Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Outubro de 2018 | 12h03 - Actualizado em 12 Outubro de 2018 | 12h03

Zaire quer relançar cadeia produtiva do café robusta

Mbanza Kongo - A província do Zaire se propõe relançar, na presente campanha agrícola 2018/2019, a produção do café robusta, uma cultura que era tradicional na cadeia produtiva na região no período colonial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Gouveia Pedro. director provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas

Foto: Pedro Moniz Vidal

Para o efeito espera receber, nos próximos dias, mais de 15 mil mudas de café do Ministério da Agricultura e Florestas, segundo deu a conhecer hoje, sexta-feira, em Mbanza Kongo, o director do gabinete provincial da agricultura, pecuária e pescas, Gouveia Pedro.

Em declarações à Angop, para a antevisão da referida campanha agrícola a ser aberta este mês, na região, o responsável avançou que o seu sector trabalha para a identificação das localidades que melhores condições reúnem para a prática da cultura do café robusta.

Gouveia Pedro esclareceu que esta variedade é a que melhor se adapta ao clima tropical quente que caracteriza a região.

Avançou, por outro lado, a intenção na dinamização do cultivo da palmeira para a produção do óleo de dendê, lembrando também que esta cultura já foi bastante praticada nesta parcela do território nacional.

Quanto aos preparativos da campanha agrícola 2018/2019, a fonte informou que estão em preparação 33 mil e 238 hectares em toda a extensão da província, envolvendo um universo de 36 mil e 594 famílias camponesas.

Está prevista uma produção de 417 mil e 865 toneladas de produtos diversos, desde a mandioca, milho, ginguba, feijão, abacaxis, batata inhame, batata-doce, ervilha, gergelim e banana.

Admitiu que a produção foi revista em baixa, menos de aproximadamente 20 mil toneladas, na próxima campanha agrícola face a época de 2017/2018, justificada pela escassez de recursos financeiros para a preparação da empreitada.

Assegurou, no entanto, haver quantidades consideráveis de sementes de milho, ginguba, feijão, entre outras, a serem distribuídas às famílias camponesas.

O município do Soyo vai acolher o acto provincial de abertura da campanha agrícola 2018/2019.


 

Leia também
  • 11/10/2018 16:22:45

    Pescadores do Nzeto querem formação profissional

    Mbanza Kongo - A formação profissional em matéria ligada às pescas foi defendida esta quarta-feira, na vila piscatória do Nzeto, província do Zaire, pelo secretário da Associação local dos Pescadores Artesanais, Manuel Zé Pinheiro.

  • 11/10/2018 15:37:17

    Ano agrícola 2018/2019: Produção de cereais prevê crescer 25 por cento

    Luanda - Angola prevê produzir, no ano agrícola 2018/2019, a ser aberto oficialmente esta sexta-feira (12), no município do Chinguar (Bié), 21 milhões, 101 mil e 277 toneladas de produtos diversos, com destaque para os cereais, que terão aumento de 25 por cento em relação à última safra.

  • 11/10/2018 15:12:51

    Ministro dos Antigos Combatentes denuncia fraudes no sector

    Lubango - O Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria financiou, nos últimos anos, projectos de cooperativas agrícolas tuteladas por supostos assistidos, um pouco por todo país, que afinal não existem, denunciou, nesta quarta-feira no Lubango, província da Huíla, o titular da pasta, João Ernesto dos Santos “Liberdade”.