Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Fevereiro de 2019 | 11h27 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2019 | 16h32

Últimas turbinas de Laúca começam a produzir energia a partir deste ano

Malanje - As duas últimas turbinas da barragem Hidroeléctrica de Laúca, com capacidade para 333 megawatts de energia cada, começam a funcionar em pleno a partir do mês de Junho deste ano, segundo anunciou sábado, o engenheiro de construção civil da empresa Odebrecht, Yamba Ambrósio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Transformadores de Laúca (arquivo)

Foto: Roque Milton

Falando no final de uma vista efectuada no projecto por membros da sociedade civil de Malanje, o responsável referiu que entre Junho e Dezembro deste ano, o arranque das duas últimas turbinas da barragem de Laúca deverá acontecer.

Yamba Ambrósio considerou satisfatório o nível de execução física da obra, que já foi realizada na ordem dos 90 por cento.

Informou que neste momento os habitantes da província do Norte e Sul já beneficiam de energia da barragem de Laúca, embora existam ainda algumas linhas de transporte em construção, numa altura em que o nível de água da albufeira para as quatro turbinas satisfaz as expectativas.

Segundo ainda Yamba Ambrósio, a meta do projecto para o ano de 2019 é terminar a geração total de energia eléctrica, fazendo funcionar as unidades cinco e seis da barragem e entregar a obra totalmente completa ao Governo angolano.

Por sua vez, o administrador municipal de Cacuso, Caetano da Rita Tinta, disse que a direcção do projecto Laúca tem estado a trabalhar para levar a energia eléctrica aos vários pontos do país.

Por outro lado, Caetano da Rita Tinta prometeu aos membros da sociedade civil, que o governo vai continuar a criar condições para que a população malanjina beneficie de energia eléctrica de acordo com as previsões, para que se atinja o desenvolvimento preconizado da província no domínio energético.

A visita visou constatar o grau de execução da empreitada e inteirar-se do prazo do arranque das próximas duas turbinas.

A barragem hidroeléctrica de Laúca, localizada no município de Cacuso, a 164 quilómetros a norte da cidade de Malanje, está projectada para produzir mil 998 megawatts de energia com seis turbinas de 333 megawatts cada, em duas centrais.

A primeira turbina arrancou em Agosto de 2017.

Leia também
  • 10/02/2019 13:20:04

    Província do Cuando Cubango já emite Alvará Comercial

    Menongue - A província do Cuando Cubango tornou-se sexta-feira a décima oitava (última) região do país a passar emitir localmente o documento Alvará Comercial no âmbito do processo de desburocratização dos serviços para o exercício da actividade comercial.

  • 09/02/2019 06:41:30

    Ataque anónimo contra governo angolano nas redes sociais usa documento falso do FMI

    Luanda - Um ataque anónimo contra o governo angolano foi lançado sexta-feira, 8, nas redes sociais, com base num falso documento atribuído ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que critica severamente a actual situação económica do país.

  • 08/02/2019 06:15:45

    Ministro acredita na recuperação do poder de compra com revisão salarial

    Ndalatando - O ministro da Administração Pública Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), Jesus Maiato, considerou, quinta-feira, no Cuanza Norte, que a revisão e o reajustamento da tabela indiciária de salários da função pública permitiram recuperar o poder de compra dos funcionários.