Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

28 Junho de 2019 | 22h04 - Actualizado em 29 Junho de 2019 | 15h36

Transportes necessitam de quadro sustentável para mobilidade urbana

Luanda - O Ministério dos Transportes necessita definir um quadro sustentável de mobilidade urbana para todo território nacional, declarou nesta sexta-feira, em Luanda, o ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu.

Foto: Nelson Malamba

Ao falar na cerimónia de encerramento do Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes, Ricardo de Abreu sublinhou que na próxima semana terão encontros com o Governo Provincial de Luanda para criação de um grupo de trabalho que vai ter a responsabilidade de propor um novo quadro para a solução dos problemas de mobilidade da capital do país.

Por outro lado, o governante disse que os profissionais do sector devem ter como grande missão servir a população e a economia com humildade, responsabilidade, probidade e sustentabilidade.

Explicou que se estende aos órgãos de regulação e supervisão, empresas do sector, parceiros e investigadores para ajudarem a ter um sector mais vibrante e importante no contexto da economia nacional.

“O sector dos transportes tem de chegar mais longe, dar um contributo muito mais sustentado para o crescimento económico, integração económica, para o produto interno bruto”, frisou.

Para isso, acresceu, o sector tem de andar mais rápido, de forma mais acelerada, apesar dos ajustes institucionais a fazer, como um quadro legal que exigirá algumas reformas.

“Já começamos em alguns subsectores a fazer, temos regulamentação para aprovar, mas acima de tudo precisamos de acelerar o quadro que permita que consigamos atrair o sector privado para o investimento no sector e o contributo para o crescimento da nossa importância relativa a nível da economia e o aumento da competitividade”.

O XI Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes realizou-se de 27 a 28 deste mês, sob lema “Consolidação da acção do sector dos transportes na economia”, que abordou estratégias e acções do sector que contribuam de forma efectiva no crescimento do produto interno bruto.

O evento que reuniu mais de 300 participantes provenientes, abordou igualmente a necessidade urgente do funcionamento das plataformas logísticas em todo país, cujo dinamismo colocará sobre rodas o sistema de escoamento dos produtos nacionais, do campo para as cidades e dos portos para o mundo.

Assuntos Transporte  

Leia também
  • 19/06/2019 19:58:18

    TAAG reforça frota com seis novas aeronaves

    Luanda - A TAAG - Linhas Aéreas de Angola, no quadro do processo de renovação da sua frota de aeronaves, adquiriu seis novos aparelhos do tipo Dash8-400s, da companhia canadiana “De Havilland of Canada Limited”.

  • 27/05/2019 10:44:00

    Comboios do CFL retomam normal circulação

    Luanda - O Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) retomou na manhã de hoje a circulação dos comboios, após 37 dias de greve, decretada pela comissão sindical, que reivindica, entre outras questões, um aumento salarial de 80 por cento.

  • 24/05/2019 12:40:35

    TAAG pretende dobrar número de rotas internacionais

    Luanda - A TAAG - Linhas Áereas de Angola pretende aumentar, nos próximos tempos, de 15 para 33 o número de rotas dos diferentes destinos, como América do Norte e do Sul e Ásia, anunciou hoje, em Luanda,o ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu.