Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Julho de 2019 | 18h53 - Actualizado em 11 Julho de 2019 | 18h53

Festikongo aumenta procura pelos serviços hoteleiro

Mbanza Kongo - A realização de 5 a 8 deste mês da 1ª edição do Festival da Cultura Kongo (Festikongo), em Mbanza Kongo, permitiu aumentar a procura e galvanizar o serviço prestado pelas poucas unidades hoteleiras disponíveis nesta capital da província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Hotel IU do grupo AAA em Mbanza Kongo

Foto: Pedro Moniz Vidal

De acordo com alguns agentes hoteleiros locais que falaram quinta-feira à Angop, o evento proporcionou um rendimento mais do que o habitual com a hospedagem de centenas de participantes oriundos de várias regiões do país e do mundo.

O gerente do hotel IU da cadeia de “AAA”, Simão Zola, disse que dos 120 quartos de que dispõe esta maior unidade hoteleira de Mbanza Kongo, 117 ficaram lotados, durante três dias.

A unidade gerou receitas calculadas em mais de seis milhões de kwanzas, o maior volume desde que foi inaugurado há mais de um ano.

Informou que em dias normais, a ocupação limitava-se em cerca de 10 clientes/dia, cuja diária varia entre os 19 mil e 800 e os 24 mil e 750 kwanzas em quartos simples ou duplos.

A falta de serviços de táxis personalizados e guias turísticos especializados foram algumas das queixas levantadas pelos hóspedes, segundo o gestor hoteleiro que augura o envolvimento da classe empresarial especializada neste sector de negócio na criação destas condições.

A hospedaria Nsinsu-Kiame, que detém apenas 11 quartos, localizada no centro da cidade, viu a sua capacidade esgotada, ao contrário de outros dias, em que registava a presença de apenas dois ou três hóspedes, segundo o seu responsável, Joel Malulu Kinkela, que informou  que uma diária custa 14 mil e 650 Kwanzas.

De acordo com a fonte, o serviço de hospedagem arrecadou cerca de 805 mil e 750 Kwanzas, em cinco dias, contra os 220 mil Kwanzas anteriores.

Sugeriu às estruturas afins a criação de políticas de atracção de turistas para esta localidade que ostenta a categoria de património cultural da humanidade, atribuída pela UNESCO, a 8 de Julho de 2017.

Outra hospedaria que também registou receitas assinaláveis é a “Matassol”, situada no bairro Álvaro Buta, que durante cinco dias gerou 490 ml kwanzas, muito acima dos 105 mil kwanzas anteriores, em igual intervalo.

Esta pensão dispõe de 14 quartos e cobra uma diária de sete mil Kwanzas.

Dados do sector da hotelaria na província do Zaire a que a Angop teve acesso, dão conta que estão disponíveis, actualmente, a nível da cidade de Mbanza Kongo, 340 quartos.

O Festikongo atraiu para Mbanza Kongo centenas de visitantes, entre turistas nacionais e estrangeiros, com destaque para diplomatas, membros do executivo, caravanas artísticas oriundas da capital do país, Luanda.

Os participantes vieram também das províncias do Uíge, Bengo, Cabinda, Malange, Cuanza Norte e outras, além de países vizinhos, como a República Democrática do Congo, o Congo Brazzaville e Gabão, entre outros.

Leia também
  • 11/07/2019 12:12:33

    Polícia apreende avultadas somas em moeda estrangeira

    Mbanza Kongo - Trezentos e cinquenta mil dólares norte americanos e 84 mil e 200 euros, com destino a República Democrática do Congo (RDC), foram apreendidos quarta-feira no município do Soyo, província do Zaire, por transgressão cambial.

  • 29/06/2019 13:57:32

    Zaire: Ministério do Turismo atrai investimentos para Mbanza Kongo

    Mbanza Kongo- O Ministério do Turismo está a realizar a partir de hoje, uma actividade para divulgação histórica e cultural de Mbanza Kongo, Zaire, por formas a atrair investimentos e fomentar a actividade turística local.

  • 25/06/2019 18:17:15

    Confirmadas 35 empresas para a Expo-Kongo/2019

    Mbanza Kongo - Trinta e cinco empresas, três das quais estrangeiras, estão já confirmadas para participarem na segunda edição da Feira Internacional (Expo-Kongo/2019), em Mbanza Kongo, província do Zaire, de 5 a 8 de Julho próximo.