Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Julho de 2019 | 12h18 - Actualizado em 24 Julho de 2019 | 12h18

Soyo terá nova linha de abastecimento de água potável

Soyo - Uma nova linha de abastecimento de água potável para a cidade do Soyo, província do Zaire, capaz de bombear 900 metros cúbicos/hora, está em construção para aumentar a actual capacidade fixada em 375 metros cúbicos por hora.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Tanque de água (ARQUIVO)

Foto: Domingos Nicolau

Esta informação foi avançada hoje, terça-feira, à Angop, pelo director municipal de Energia e Água do Soyo, Luís Combo, tendo explicado que as obras deste projecto iniciaram em 2014 e que estão enquadradas no programa “Água para Todos”.

Fez saber que as obras sofreram, em 2015, um interregno devido à actual conjuntura económica e financeira do país, mas ultrapassada essa componente, a empreitada prossegue.

Disse que a nova linha terá uma tubagem de 500 milímetros a partir da estação de captação e tratamento do Vuembanga para o centro da cidade, numa distância de cerca de 12 quilómetros.

Os trabalhos prevêem também a reabilitação e ampliação dos tanques de armazenamento de água de mil e 116 para dois mil e 232 metros cúbicos, com o objectivo de melhorar a distribuição deste bem à população local.

Referiu que o abastecimento de água potável à cidade do Soyo está restringido, desde Abril do corrente ano, devido a uma greve dos trabalhadores da empresa gestora da Estação de Tratamento de Água (ETA) da região.

“A cidade está a ser abastecida com 375 metros cúbicos de água, duas horas por dia, ao contrário das dez horas diárias como acontecia anteriormente”, salientou.

Os 14 trabalhadores grevistas estão a efectuar, desde Abril, apenas os serviços mínimos até a regularização dos seus salários de 11 meses.

O centro de tratamento e distribuição de água à cidade do Soyo dispõe de dois reservatórios com capacidade de armazenar 1.600 metros cúbicos cada. O sistema atende cerca de sete mil consumidores, num universo de mais de 200 mil habitantes.

Assuntos Província » Zaire   Água  

Leia também
  • 23/07/2019 18:27:30

    Vila do Tomboco ligada à rede eléctrica nacional

    Mbanza Kongo - A vila do Tomboco, 150 quilómetros da cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, vai a partir do dia 26 deste mês beneficiar da energia da rede nacional, gerada por centrais hidroeléctricas do país.

  • 19/07/2019 02:24:19

    Energia do Ciclo Combinado beneficia três milhões de consumidores

    Soyo - Cerca de três milhões de consumidores de dez províncias do país beneficiarão até Setembro deste ano de energia eléctrica produzida pela central do Ciclo Combinado do Soyo, província do Zaire, afirmou nesta quinta-feira, o director-geral adjunto do Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza (GAMEK), Euclides de Brito.

  • 18/07/2019 19:52:08

    Pescas podem equilibrar balança comercial no Zaire

    Mbanza Kongo - O sector das Pescas é um dos pontos fortes da economia da província do Zaire, espaço territorial em que o Presidente da República, João Lourenço, trabalha nessa quinta e sexta-feira.