Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Agosto de 2019 | 13h13 - Actualizado em 16 Agosto de 2019 | 12h05

Governador aponta energias renováveis para comunas

Saurimo - O governador da província da Lunda Sul Daniel Neto, sugeriu nesta quinta-feira, em Saurimo, ao ministério da Energia e Águas a implementar projectos de energias renováveis nas sedes comunais da região, de modo a reduzir custos com a produção de energia em centrais térmicas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

LUNDA SUL: DANIEL FÉLIX NETO - GOVERNADOR PROVINCIAL DA LUNDA SUL

Foto: ANGOP

A sugestão foi feita no final da visita do ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, à província da Lunda Sul, sublinhando que a problemática da energia não é apenas na cidade de Saurimo, mas também noutros municípios, sobretudo Muconda, que não dispõe de nenhum grupo gerador e um centro de distribuição de água potável.

Segundo o governante, a melhoria no fornecimento de energia à  região passa pela construção da Hidrochicapa 2 e pela interligação do leste com o sistema norte do país.

Fez saber que o governo tem recebido solicitações de investimento na província, mas os projectos não prosseguem por falta de energia regular e fiável, capaz de atrair investidores.

Por outro lado, Daniel Neto, mostrou-se preocupado com a paralisação das obras de construção da Central Térmica do Txicumina 2, com capacidade de 20 megawatts, paralisada a cerca de sete meses, por motivos financeiros, pelo que pediu ao titular da pasta, a interceder junto do Ministério das Finanças para resolução dos problemas.

Por sua vez, em resposta da preocupação apresentada, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, prometeu fazer tudo para que até Dezembro as obras da central estejam concluídas, de modo a reduzir o défice na produção e distribuição de energia.

Leia também
  • 16/08/2019 08:38:13

    Sinais de recessão fazem soar alarmes na economia mundial

    Luanda - A contracção da economia alemã, o crescimento da produção industrial chinesa abaixo do previsto e a queda do rendimento dos títulos da dívida pública dos EUA a 10 anos para valores inferiores aos das obrigações a dois anos são sinais que preocupam os economistas.

  • 15/08/2019 19:59:07

    Inaugurado posto fiscal da AGT em Maquela do Zombo

    Uíge - Um novo posto fiscal da Administração Geral Tributário (AGT) foi inaugurado hoje, quinta-feira, em Maquela do Zombo, pela vice-governadora para o sector político social e económico do Uíge, Catarina Pedro Domingos, para aproximar os serviços ao cidadão e melhorar a arrecadação de receitas do Estado.

  • 15/08/2019 19:05:25

    Lunda Sul ganha novo hotel de três estrelas

    Saurimo - Um hotel de três estrelas com 60 quartos foi inaugurado hoje, quinta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), reforçando a oferta de serviços hoteleiros na região, em cerimónia orientada pelo governador local, Daniel Neto.