Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

09 Setembro de 2019 | 18h25 - Actualizado em 09 Setembro de 2019 | 19h00

BNA cria equipa para facilitar acesso ao crédito

Lubango - A direcção regional sul do Banco Nacional de Angola (BNA), com sede no Lubango, província da Huíla, vai criar, ainda este mês, uma equipa para mediar os processos de facilitação de acesso ao crédito para projectos empresariais estagnados, por dificuldade de capitais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, o presidente da Associação Agropecuária Comercial e Industrial da Huíla (AAPCIL), Paulo Gaspar, disse que a promessa foi feita depois de um encontro entre a delegação provincial do BNA e a classe empresarial.

O responsável informou que, doravante, as associações empresariais vão identificar e apresentar os referidos “Projectos em Esforço” ao BNA, marcando para o efeito visitas oficiais, para permitir um conhecimento mais aprofundado e tornar exequível a intervenção do mediador e o conhecimento das garantias prestadas.

Paulo Gaspar disse, igualmente, que vão receber do regulador da banca a garantia de maior dinamismo no processo de cedência de crédito e uma maior inclusão financeira.

Os filiados da AAPCIL, sublinhou, têm estado a manifestar vários tipos de preocupações como dificuldades de levantamento de valores em alguns bancos, de se efectuar transferências via internet, assim como a falta de informação da banca comercial relativamente ao Programa de Apoio ao Crédito (PAC).

Fundada em 1991,  a AAPCIL é uma organização independente e  conta com 600 filiados.

Assuntos Banca   Província » Huíla  

Leia também
  • 05/09/2019 17:44:46

    Empresas devem mais de AKz 64 milhões ao INSS

    Lubango - Pelo menos 64 milhões, 931 mil e 868 kwanzas é o valor que as empresas públicas e privadas devem ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) desde 2014 até ao momento, informou hoje, quinta-feira, o chefe dos serviços provinciais, Domingos Guerra Mahuma.

  • 04/09/2019 20:13:27

    BNI reforça linha de crédito com USD 50 milhões

    Luanda - O Banco de Negócios Internacional (BNI) beneficiou de 50 milhões de dólares norte-americanos para reforçar a sua linha de crédito, enquadrada ao abrigo do Programa Global de Financiamento, assinado em Julho de 2014 com a Instituição Financeira do Banco Mundial para o Sector Privado (IFC), soube hoje a Angop.

  • 04/09/2019 17:42:54

    Província da Huíla ganha 38 novas indústrias em dois anos

    Lubango - Trinta e oito novas indústrias do ramo da panificação, transformação de madeiras, blocos de cimento, derivados de carne e metalúrgica abriram no período de 2017 ao primeiro semestre deste ano na província da Huíla, gerando mais de 500 empregos.