Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

20 Setembro de 2019 | 19h19 - Actualizado em 21 Setembro de 2019 | 15h01

Governo atrai investidores estrangeiros no "Roadshow" em Londres

Luanda - O Governo angolano realizou nesta sexta-feira, em Londres, o quinto "Roadshow" que visa incentivar e atrair investidores estrangeiros para a licitação das cinco concessões mineiras de ferro, diamantes e fosfatos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Rui Mangueira, Embaixador de Angola no Reino Unido

Foto: Cedida

O Roadshow, cuja abertura foi feita pelo embaixador angolano na Inglaterra, Rui Mangueira, em representação do Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino de Azevedo, consistiu na apresentação técnica de dois dos projectos de fosfato, um de ferro e os restantes dois de diamantes.

Na ocasião, o diplomata explicou que os projectos de fosfato são para ser 100 por cento privado, enquanto os de diamantes são para serem executados em parceria com a Empresa Nacional de Diamantes (Endiama).

Rui Mangueira disse que o objectivo é garantir direitos mineiros para a exploração e mineração.

Sublinhou serem projectos de grande potencial que representam uma oportunidade de investimento para o sector privado participar no desenvolvimento económico e social.

Assegurou o repatriamento total de dividendos em todos os projectos.

Durante o evento, baseado numa apresentação técnica, informou que a área da primeira concessão para fosfatos está localizada na província de Cabinda, em Cácata, tendo acesso a estradas, água, electricidade, porto e aeroporto.

A segunda a de Lucunga, está localizada na província do Zaire e conta com uma área de 170 km2.

Já a concessão de ferro, única do género apresentada no certame, fica na localidade de Kassala Kitungo, na província do Cuanza Norte, numa área de 7.750 Km2, com 2 depósitos na margem sul do rio Lucala e está ligada a Luanda via estrada e caminho de ferro.

Os dois últimos projectos são de kimberlitos, nas províncias da Lunda Norte e Lunda Sul. Camafuka Camazambo apresenta-se como um dos maiores depósitos de diamantes do mundo pela sua extensão, 160 hectares e 1389 km2 por cada área de concessão.

A concessão diamantífera de Tchitengo foi analisada por prospectores da PHP, de 2007 a 2011. Aí foi determinado um grande potencial, em termos de quilates.

O concurso público para as concessões mineiras será aberto a sete de Outubro.

Leia também
  • 20/09/2019 18:24:20

    Conferência sobre sector mineiro acontece em Novembro

    Luanda - A Primeira Conferência e Exposição Internacional sobre o Sector Mineiro Angolano, a decorrer sob lema sob o Lema "investir e diversificar para desbloquear o potencial do sector Mineiro angolano", acontece de 20 a 21 de Novembro próximo.

  • 16/09/2019 08:10:51

    Embaixador apela ao investimento chinês no sector mineiro

    Luanda - O embaixador de Angola na China, João dos Santos, apelou hoje (segunda-feira), em Beijing, aos mais de 150 participantes do 3º Roadshow para concessões mineiras, objecto de concurso público, a investirem na exploração mineira no território angolano.

  • 09/09/2019 16:04:36

    Dubai acolhe 2º "roadshow" do sector mineiro angolano

    Luanda - A cidade do Dubai acolhe nesta terça-feira o segundo roadshow (apresentação técnica) das concessões mineiras angolanas, objectos de concurso público para outorga de direitos mineiros (duas concessões diamantíferas, duas concessões de fosfatos e uma de ferro).