Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Setembro de 2019 | 16h20 - Actualizado em 24 Setembro de 2019 | 11h13

AGT supera 28,69 por cento na cobrança de impostos

Caxito - A Repartição Fiscal de Caxito da Administração Geral Tributária (AGT) arrecadou, no 1º semestre deste ano, mil milhões, 555 milhões, 357 mil e 773 Kwanzas na cobrança de vários impostos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da AGT

Foto: Divulgação

Este valor arrecadado, que corresponde a um aumento de 28,69 por cento comparativamente aos mil milhões e 109 milhões do período homólogo de 2018, superou a meta da AGT que era de mil milhões, 407 milhões, 166 mil e 684 Kwanzas, correspondente a um aumento de 9,53 por cento, disse hoje à Angop o chefe da Repartição Fiscal de Caxito, Luciano Vicente Ferreira.

Este aumento, segundo o gestor, deve-se as acções de sensibilização, fiscalização e de moralização social que AGT tem levado a cabo na província.

Neste âmbito, o Imposto Predial Urbano (IPU) contribuiu com 14 milhões, 260 mil e 905 kwanzas (contra os 11 milhões, 55 mil e 321 Kwanzas do período homólogo, perfazendo um aumento de 22,48 por cento.

Já a venda de selos da taxa de circulação gerou 12 milhões, 792 mil e 200 kwanzas, mais 14,98 por cento em relação aos mais de 10 milhões anteriores.

Apesar de ter terminado a 30 de Abril o prazo oficial da venda de selos, disse, ainda estão disponíveis 2.687 selos para os motociclos, veículos ligeiros e veículos pesados a serem vendidos até Dezembro.

Para além da cobrança do IPU e da taxa de circulação, a AGT efectuou ainda cobranças do imposto industrial, de rendimento do trabalho (IRT), de consumo sobre a produção, de aplicação de capitais (IAC) e de retenção na fonte.

A Repartição Fiscal de Caxito da AGT controla cinco mil e 358 contribuintes, dos quais 2.326 grossistas, 3.032 retalhistas e 900 propriedades imóveis.

A Administração Geral Tributária a nível da província do Bengo realiza acções de sensibilização, desde Janeiro deste ano, na perspectiva  pedagógica e de fiscalização nas escolas, aconselhando os estudantes e professores sobre a importância da implementação do IVA em Angola e da educação fiscal no exercício da cidadania.

 

Assuntos Província » Bengo  

Leia também