Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Outubro de 2019 | 05h24 - Actualizado em 13 Outubro de 2019 | 05h24

Constituída Câmara do Comércio e Indústria Angola/Zâmbia

Luanda - Empresários de Angola e Zâmbia passam a contar com os auspícios de uma Câmara de Comércio e Indústria, constituída sábado, em Luanda, em cerimônia testemunhada pelos embaixadores dos dois países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Marcos da Fonseca, presidente do órgão de promoção empresarial, disse que a Câmara será um importante suporte para o incremento das trocas comerciais entre Angola e Zâmbia.

Azevedo Xavier Francisco, embaixador de Angola na Zâmbia, assegurou que a Missão Diplomática que lidera, afirma-se como parceira da Câmara. “Os empresários angolanos interessados em realizar negócios no país vizinho, podem contar com o apoio da nossa Missão” -referiu o diplomata angolano.

A constituição da Câmara de Comércio e Indústria Angola/ Zâmbia ocorre numa altura em que os dois estados trabalham no incremento das relações comerciais, tidas como excessivamente informais, e pouco significativas, parte da qual realizada ao longo da fronteira comum.

Há dois anos, uma fonte do Ministério do Planeamento de Angola disse à imprensa que o volume dos negócios, entre os dois países, não ultrapassava os USD 20 milhões/ano.

Empresários angolanos buscam em terras de Kenneth Kahunda, basicamente, sementes agrícolas, farinha de milho, hortifrutícolas, além de carne bovina e ovos.

Angola é vista pela Zâmbia como parta para a solução dos seus graves problemas energéticos, com visíveis reflexos nas restrições no fornecimento de energia eléctrica as principais cidades do país.

Peritos de ambos os lados trabalham de forma incessante, visando concluir os estudos prévios, que definirão as linhas gerais do projeção de construção de um oleoduto, visando transportar combustível e seus derivados, de Angola para a Zâmbia.

Ambos os países  partilham uma fronteira de cerca de 1000 quilômetros e o país vizinho alberga a segunda maior comunidade de angolanos no exterior, estimada em cerca de 30 mil compatriotas.

Há quando da sua visita à Zâmbia, em Maio de 2018, João Lourenço, Presidente de Angola, deixou sinais claros de que o seu governo apoia o incremento das relações comerciais entre os dois países.

Assuntos Comércio   Cooperação   Industrias  

Leia também
  • 11/10/2019 18:08:18

    Volume de negócios entre Angola e Itália cai 50%

    Lubango - As trocas comerciais entre Angola e a Itália, estimadas em mil milhões e 326 milhões de euros em 2016, caíram para 50 por cento, não somente pela falta de negócios, mas devido à queda do preço do petróleo, principal produto de exportação para o país europeu, informou hoje, na província da Huíla, o embaixador daquele país em Angola, Claudio Miscia.

  • 11/10/2019 13:54:46

    Receitas de multas aos agentes comerciais crescem 30%

    Luanda - Pelo menos 158 milhões e 841 mil kwanzas foram arrecadados de Janeiro a Setembro deste ano, pela direcção de inspecção do Comércio, resultantes da aplicação de multas aos agentes comerciais infractores.

  • 10/10/2019 18:08:16

    Fábrica de cimento eleva produção para 70%

    Luanda - A fábrica de Cimento do Kwanza Sul (FCKS), cuja produção actual corresponde a 30% (450 mil) da sua capacidade instalada (1,5 milhão de toneladas/ano), vai elevar, a partir de 2020, essa capacidade para 70 por cento, anunciou o director dos Recursos Humanos e Administração da empresa.