Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Julho de 2020 | 19h19 - Actualizado em 17 Julho de 2020 | 19h19

Cuito ganha fábrica de asfalto

Cuito - A cidade do Cuito, capital da província do Bié, vai ganhar, ainda este ano, a primeira central (fábrica) de asfalto, com capacidade de produzir 240 toneladas/hora, situada nos estaleiros da empresa de construção civil (MSTR), no Centro Administrativo do Cuquema.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi prestada à Angop, nessa sexta-feira, pelo responsável da área de venda e atendimento ao público daquela empresa, Márcio Gomes, no âmbito da visita não local do governador do Bié, Pereira Alfredo, tendo sublinhado estar já montada acima de 90%, faltando apenas alguns materiais que em função da pandemia do Covid-19 estão escassos.

Márcio Gomes avançou ainda que após entrada em funcionamento da mesma, em data não avançada, a empresa deverá triplicar os postos de emprego, nesta altura fixados em 70 trabalhadores, na sua maioria angolanos.

Sem também revelar o valor do investimento feito, o responsável acrescentou que a empresa conta, neste momento, com a produção de betão que vai aos 40 metros cúbicos por hora, britadeiras de 200 metros cúbicos por hora, fábrica de blocos de 200 unidades e oito manilhas por hora, entre outros.

Entretanto, o governador Pereira Alfredo, encorajou a prosseguirem com este gesto, assim como a entrar em funcionamento a central de alcatrão/asfalto, de forma a minimizar os custos em termos de aquisição deste derivado do petróleo, porquanto a província não possui investimento do género.

Cerâmica arranca em regime experimental com 27 mil tijolos/dia

Ja a cerâmica orquídea, situada no município do Cunje (Bié), que começou a funcionar em regime experimental há mais de três meses, conta com uma produção diária de 27 mil tijolos, correspondendo a 30 porcento da sua real capacidade de 150 toneladas/dia.

A informação foi avançada à ANGOP, hoje (sexta-feira), pelo gerente da fábrica, Raul Pinho, após receber a primeira visita do governador do Bié, Pereira Alfredo, sublinhando que até em Outubro deste ano, a unidade estará a funcionar totalmente, caso se culmine com instalação de alguns equipamentos.

Sem revelar o investimento feito, Raul Pinho avançou não existir, por enquanto, dificuldades na aquisição da matéria-prima (barro), na medida em que está acessível, quer no Cuito, como noutros municípios da província do Bié.

Raul Pinho avançou ainda que, neste momento, a fábrica está a produzir para cidadãos do Cuito e não só que têm estado a encomendar os tijolos, augurando, este ano para mais populares de outras províncias.

A cerâmica conta com 27 trabalhadores, podendo elevar acima de cem, quando estiver a operar totalmente, prevendo-se igualmente o fabrico de telhas e outros materiais.

Na ocasião, o governador do Bié, Pereira Alfredo, mostrou-se satisfeito com o desempenho desta unidade fabril, tendo encorajado a necessidade de prosseguir a sua abertura de forma definitiva, visando não só dar mais postos de emprego, mas também  sirvir os anseios dos cidadãos.

Esta é a segunda cerâmica que a região controla, apesar da primeira instalada na comuna da Chipeta, município de Catabola, estar paralisada há mais de dois anos, em função da situação financeira que o país enfrenta, que desde 2012 contava com uma capacidade produtiva de cinco mil tijolos/dia.

Leia também
  • 17/07/2020 19:15:37

    Fazenda Greenfield inicia produção de carne de porco

    Cuito - A Fazenda Greenfield Carnes e Produtos do Campo, do grupo Orquídea, situada na Aldeia da Chambula, município do Cuito (Bié), começou este mês (Julho), pela primeira vez, a colocar no mercado nacional 4,2 toneladas de carne de porco, produzida localmente.

  • 17/07/2020 18:14:49

    Fábrica de cereais reduz produção no Cunje

    Cuito - A Reny Industrial Lda, unidade fabril de transformação de cereais, situada na comuna do Cunje, reduziu desde a Abril a sua produção dária de 50 para 10 toneladas/dia, devido à escassez de matéria-prima.

  • 14/07/2020 16:28:28

    Covid-19: Circulação do CFB impulsiona trocas comerciais

    Cuito - A retomada da circulação dos comboios de passageiros dos Caminhos de Ferro-de-Benguela (CFB), no traçado Luena(Moxico)-Cuito(Bié)-Huambo e vice-versa, desde segunda-feira, vai impulsionar as trocas comerciais entre cidadãos e consequente desenvolvimento sócioeconómico das respectivas regiões.