Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

21 Setembro de 2020 | 21h16 - Actualizado em 22 Setembro de 2020 | 12h09

Ministro defende permanência na OPEP

Luanda - O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, defendeu hoje, em Luanda, a permanência de Angola na OPEP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás Diamantino Pedro Azevedo

Foto: Pedro Parente

O governante vincou essa posicionamento durante o encontro com jornalistas e influenciadores de opinião para a troca de opinião sobre a Organização dos Países Produtores de Petróleos (OPEP), que comemorou no passado dia 14 de Setembro 60 anos.

“Enquanto a presença de Angola na OPEP não for contra os princípios e interesses do nosso país, não vemos qualquer necessidade de sairmos da organização, porquanto é um fórum muito importante no âmbito da estabilização dos preços do petróleo, na procura de preços justos para os produtores e consumidores”, disse o governante.

Noutra vertente, o  ministro fez  uma incursão sobre as metas ou objectivos dos sectores petrolíferos e dos recursos minerais.

Em relação  a estes dois subsectores, destacou todo o processo de reestruturação que levou à aprovação de novos modelos de governação para os dois sectores, que culminou com a criação da Agência Nacional de Petróleo e Gás, Agência Nacional de Recursos Minerais, Instituto Regulador de Derivados de Petróleo, formação de quadros para o sector, bem como a extinção da Ferrangol.

Aspectos como a criação do Pólo de Lapidação de Diamantes, em Saurimo, os projectos de construção das refinarias de Cabinda, Soyo, Lobito, a estocagem de combustíveis e o Conteúdo Local do Sector Petrolífero foram, igualmente, aflorados.

No final do encontro, o empresário Pedro Godinho defendeu a importância de haver a partilha de opiniões e naturalmente fazer um brainstorming sobre o sector, tendo realçado ser fundamental que encontros do género ocorram mais vezes e acrescentado ser louvável o novo modelo de governação aberta com a participação dos parceiros sociais.

Para o analista económico Carlos Rosado de Carvalho, o encontro foi proveitoso, pelo facto de visar o incremento de conhecimentos e informações sobre o sector que em outras circunstâncias não as teriam.

Angola é membro da OPEP desde Dezembro de 2006.

Enquanto membro tem apoiado as estratégias que visam buscar o equilíbrio no mercado petrolífero mundial, entre a procura e a oferta.

Com base na quota de produção definida pela OPEP em Abril último, devido à crise na procura provocada pelo confinamento social, para evitar a propagação da Covid-19, Angola está com uma produção de um milhão e 180 mil barris/dia.

O corte feito é de 348 mil barris dia.

O corte é de 23% para todos os Estados signatários do acordo e tem como referência o histórico diário de Outubro de 2018, altura em que Angola tinha uma produção diária de um milhão e 528 mil barris.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 20/09/2020 08:13:36

    Leilão on-line da AGT acontece este domingo

    Luanda - Duzentos e 89 lotes de mercadorias vão à venda este domingo, a partir das 9horas (horário de Angola), em leilão público da Administração Geral Tributária (AGT).

  • 17/09/2020 19:52:24

    Portos devem servir para transbordo de mercadorias em África

    Luanda - O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, declarou esta quarta-feira ser pretensão do governo fazer dos portos angolanos verdadeiras plataformas logísticas regionais, para o transbordo de mercadorias africanas.

  • 17/09/2020 08:23:40

    FMI sobe ajuda para USD 4,5 mil milhões

    Luanda - O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou, na quarta-feira, o pedido de Angola para o aumento da assistência financeira, e desembolsou, de imediato, mil milhões de dólares norte-americanos.