Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

04 Dezembro de 2018 | 13h28 - Actualizado em 04 Dezembro de 2018 | 15h47

MESCTI estuda incluir inovação e empreendorismo nos programas

Luanda - O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) estuda incluir a inovação e o empreendedorismo nos programas curriculares, de forma a reforçar-se a aplicação do conhecimento, anunciou hoje, terça-feira, o secretário de Estado para Ciência, Tecnologia e Inovação, Domingos da Silva Neto.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Domingos Neto, Secretário de Estado para Ciência, Tecnologia e Inovação

O responsável fez este pronunciamento durante um encontro com parceiros que teve como tema "A implementação do ecossistema de inovação e empreendedorismo no ensino superior".

Domingos da Silva Neto referiu que decorre, actualmente, o processo de harmonização curricular no ensino superior no país, considerando ser uma “boa oportunidade” para se incluir a inovação e empreededorismo, de forma a reforçar-se a aplicação do conhecimento e de tecnologia obtidos nos centros de saber, tanto na geração de novos produtos, como de novos negócios de base tecnológica, que são elementos-chaves para o desenvolvimento sustentável de qualquer economia.

“A aposta na criação ou no reforço de um ecossistema de inovação e empreendedismo no ensino superior em Angola é de inquestionável importância estratégica, tendo em atenção o potencial do ensino superior na condução de actividades de investigação científica e que está na base da competividade das economias modernas”.

Adiantou que, o  MESCTI tem um programa de promoção para a descoberta de talentos que se destacam ao longo deste tempo, com a criação de produtos e protótipos que não são absorvidos pelo sector produtivo e sociedade, mesmo depois de serem premiados internacionalmente os cientistas nacionais.

Assuntos Ciências   Educação  

Leia também
  • 05/02/2019 17:09:10

    Governo da Lunda Sul prioriza conclusão de escolas e unidades sanitárias

    Saurimo - O governo da Lunda Sul priorizar a conclusão, no primeiro trimestre deste ano, das obras de infra-estruturas escolares e sanitárias, com vista a reduzir a superlotação nas salas de aula e desafogar os hospitais.

  • 05/02/2019 12:12:29

    Mil e 500 alunos de Quipungo em novas salas de aula

    Quipungo - Mil e 500 alunos começaram, nesta terça-feira, a estudar em condições mais cômodas, no município de Quipungo, com a inauguração, na segunda-feira, de 15 novas salas de aula.

  • 01/02/2019 16:54:24

    Magistério primário introduz curso de ensino pré-escolar

    Mbanza Kongo - A escola de magistério primário "Daniel Mvemba", no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, vai neste ano lectivo contar, no seu plano curricular, com o curso de ensino pré-escolar, informou hoje, sexta-feira, o seu director, Mbalu Lukaya.

  • 01/02/2019 15:28:28

    Mediateca abre curso tecnológico para professores

    Huambo - Um curso tecnológico para professores começa a ser ministrado este mês na Mediateca da província do Huambo, com propósito de promover a literacia tecnológica dos educadores.