Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

10 Julho de 2018 | 18h13 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 18h15

Resultados do concurso público da Educação divulgados quinta-feira

Luanda - O Secretário de Estado para o Ensino Pré-escolar e Geral do Ministério da Educação, Joaquim Cabral, disse que depois de 48 horas (quinta-feira) os resultados do concurso público para admissão de novos professores poderão estar disponíveis para a publicação.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Candidatos a professores submetidos a prova (Arquivo)

Foto: José Cachiva

Em declarações à imprensa, no município de Cacuaco, província de Luanda, o responsável afirmou que depois das provas só resta a fase da concretização das listas e classificação dos concorrentes, para dentro de 48 horas poderem ser publicados os resultados do concurso.

Joaquim Cabral, que esteve hoje na sede do Governo Provincial de Luanda (GPL), iniciou uma visita aos centros de Tratamento e Processamento de Dados do concurso público da Educação/ 2018 e escolas onde decorrem as provas dos candidatos seleccionados.  

Referiu que o concurso, previsto inicialmente para o dia 03 deste mês, iniciou apenas hoje devido alguma dificuldades técnicas.

Quanto aos constrangimentos encontrados na altura do concurso público, Joaquim Cabral asseverou que alguns candidatos não cumpriram com certos requisitos como assiduidade e pontualidade, por isso não puderam fazer os testes.

Segundo o responsável, muito dos candidatos inscritos no Instituto Médio Politécnico de Cacuaco não consultaram as listas para se inteirar da data e hora dos testes para poderem fazer as suas reclamações antes do início do concurso.

Por sua vez, o administrador municipal de Cacuaco, Carlos Cavuquila, apelou aos concorrentes que forem apurados a cumprirem com zelo e dedicação as tarefas da docência e a primarem pela assiduidade, pontualidade, rigor, isenção e o bem transmitir dos conhecimentos científico aos alunos, pois o objectivo fundamental do concurso é melhorar a qualidade do ensino.

Já director municipal da Educação de Cacuaco, Domingos Bumba, informou que a nível da circunscrição concorreram quatro mil e quarenta candidatos.

Fez saber que para Cacuaco existem 150 vagas para o ensino primário, 150 vagas para o I ciclo e 350 vagas para o II ciclo do ensino secundário.

O Executivo, através do Ministério da Educação, vai admitir no concurso público, a nível do país, 20 mil professores para engrossarem o sector do ensino.

Assuntos Ensino   Província » Luanda  

Leia também