Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Novembro de 2019 | 10h03 - Actualizado em 12 Novembro de 2019 | 10h03

Aldeia do Sope ganha escola primária

Benguela - Uma escola primária de oito salas e capacidade para 700 alunos foi inaugurada segunda-feira na aldeia do Sope, a 40 quilómetros da sede municipal do Cubal, pelo governador provincial de Benguela, Rui Falcão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A construção da referida escola teve duração de seis meses e orçou em 60 milhões de kwanzas.

Na mesma data, e para marcar o 44º aniversário da Independência Nacional, foi igualmente inaugurado um sistema de distribuição de água no bairro periférico 80, que inicialmente beneficia 40 residências.

O governador Rui Falcão procedeu igualmente a inauguração de um  projecto de criação de peixes em cativeiro, que custou aos cofres do Estado 17 milhões de kwanzas.

O governador de Benguela, ao dirigir-se à população presente no acto provincial em alusão a efeméride, pediu aos angolanos que continuem a identificar e denunciar acções incorrectas, no sentido do governo as corrigir.

Rui Falcão reconheceu o índice elevado do desemprego no seio da juventude e, sobretudo, no município do Cubal, daí a necessidade do seu governo trabalhar para colocar energia eléctrica 24/24 através da barragem do Lomaum, no sentido de se atrair empresários que apostem no sector industrial e possam oferecer empregos aos munícipes.

O acto central provincial, que decorreu no município Cubal, contou com presença de políticos, deputados à Assembleia Nacional, oficiais generais das Forças Angolanas e Polícia Nacional, entidades religiosas e tradicionais e população em geral.

Leia também
  • 12/11/2019 09:32:27

    Huíla precisa de 300 novas salas de aula

    Chicomba - A província da Huíla precisa de 300 novas salas de aulas para, em 2020, inserir os 449 mil e 252 mil alunos actualmente fora do sistema de ensino

  • 08/11/2019 15:30:48

    Mais de sete mil professores poderão ser suspensos

    Luanda - Sete mil cento e 41 professores poderão ter os salários suspensos, caso não apresentem os seus documentos actualizados para o devido recadastramento até 20 de Novembro, disse hoje (sexta-feira), à Angop, a directora dos Recursos Humanos do Ministério da Educação, Laudemira de Sousa.

  • 08/11/2019 13:49:19

    Mais de 80 mil candidatos para dez mil vagas da educação

    Luanda - Oitenta mil quinhentos e trinta e duas pessoas candidataram-se para preencher as dez mil vagas disponibilizadas pelo Ministério da Educação (MED) para 2019.