Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

05 Julho de 2019 | 14h20 - Actualizado em 05 Julho de 2019 | 16h33

Escola Agrícola de Catabola clama por obras e equipamentos

Catabola - A Escola de Práticas Agrícolas de Catabola, 52 quilómetros a Leste da cidade do Cuito, necessita de tractores, novos equipamentos, laboratórios, transportes e mais docentes (actualmente com 23), apelou quinta-feira o director da instituição, Mineiro Boano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável fez o apelo durante a visita à instituição do ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), Jesus Maiato, acompanhado do governador do Bié, Pereira Alfredo, e demais membros do Governo Provincial.

Mineiro Boano informou que a instituição conta com 217 alunos nos cursos de agricultura e pecuária, sendo que a mesma regista “vários constrangimentos”, desde que técnicos da República Checa, que a geriam, a abandonaram em 2011, estando actualmente degradada.

Acrescentou que os alunos da 7.ª a 9.ª classe, além das cadeiras curriculares (Matemática, Língua Portuguesa, Biologia, Geografia, Química, Língua Estrangeira, História), têm cadeiras relacionadas com a área profissional como Pedologia (Ciência que estuda os solos), preservação agrícola, preparação dos solos, higiene agrícola, desinfestação das plantas, vegetação, genética, horticultura, produção vegetal rural, entre outras.

Mineiro Boano confirmou, por outro lado, que a escola, onde já era produzido chouriço local, iogurte caseiro, sementes diversas e outros, carece também de transportes para apoio aos docentes, estudantes e funcionários, ginásio e campo desportivo.

Entretanto, o governador do Bié, Pereira Alfredo, revelou haver já disponibilidade financeira (quantia não revelada), para a reparação da instituição, de forma a servir de modelo científico e de experimentação agrícola na província.

Após a formação até à 9.ª classe em Catabola, os estudantes são transferidos, em regime de internato, para o Instituto Médio Agrário (IMA), no município do Andulo, 130 quilómetros a Norte da cidade do Cuito.

A instituição foi criada em 1973, sendo que as actividades ficaram interrompidas durante anos, devido à guerra no país e retomadas após a paz em 2002. Até a presente data, já formou mais de dois mil alunos.

Leia também
  • 03/07/2019 00:18:41

    Estudantes da 4ª Divisão no Bié em Gincana estudantil

    Cuito - Dois mil e 751 estudantes do Liceu nº 292 da 4ª Divisão, do município do Cuito (Bié), participam, desde terça-feira, na 3ª edição da Gincana estudantil denominada "Conheça Angola sem sair de casa", visando elucidar os estudantes sobre a cultura do país.

  • 24/06/2019 16:20:38

    Escola Especial do Bié carece de material didáctico

    Cuito - A Escola do Ensino Especial da província do Bié necessita de máquinas de Braille e outros materiais didácticos para melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem dos 640 alunos da instituição.

  • 21/06/2019 17:10:57

    Educação no Bié detecta mais de mil agentes fantasmas

    Cuito - A Educação no Bié detectou a existência de 1089 agentes fantasmas a serem remunerados sem que exerçam a devida actividade, revelou o director do Gabinete Provincial, António Manuel.