Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

21 Outubro de 2019 | 12h03 - Actualizado em 21 Outubro de 2019 | 12h03

PAT capacita mais de 100 formadores

Luanda - Cento e trinta e sete formadores das Escolas do Magistério Primário de todo país beneficiam da primeira etapa do novo ciclo de formação contínua de formadores, no âmbito do projecto Aprendizagem para Todos (PAT) do Ministério da Educação (MED).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Formação dos Professores da ZIP (arquivo)

Foto: Kinda kyungu

O PAT, que acontece em parceria com o Banco Mundial,  iniciado em 2016, visa melhorar os conhecimentos e as competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema eficaz de avaliação dos alunos.

A formação, que se enquadra nos módulos I e II sobre a Língua Portuguesa, Matemática e Dinamização das Zonas de Influência Pedagógica (ZIP) como pólo de Formação Contínua de Professores, pretende expandir esta formação a 18 mil professores.

Ao falar na abertura do evento, o secretário de Estado para o Ensino Técnico Profissional, Jesus Joaquim Baptista, disse ser pretensão do MED, com esta formação, desenvolver competências para um melhor desempenho de trabalho em sala de aulas.

Segundo Jesus Baptista, o Executivo tem consciência de que a melhoria do sistema de ensino passa pelo programa de formação contínua.

Por seu turno, o gestor do PAT, Isaac Paxe, fez saber que a grande novidade deste ciclo é a constituição de uma rede permanente de formação de professores, em que o docente, em qualquer período do ano e do mês, pode se deslocar para a formação, ao contrário do sistema anterior em que as formações aconteciam apenas em época de férias.

Para isso, disse, precisam ter os formadores que vão localmente formar, em cada município, e disseminar para que permanentemente haja capacitação.

“O plano é  melhorar a performance da escola, para garantir o aprendizado do estudante. Não estamos só a incidir nos professores, mas também temos formado gestores escolares e centro de recursos para apoiar as escolas. Montamos painéis escolares, em algumas, para que possam usar dispositivos electrónicos”, referiu.

A formação, a decorrer até 3 de Novembro do corrente ano, será ministrada por professores da Escola Superior de Setubal (Portugal).

O primeiro ciclo formativo decorreu entre Outubro de 2016 a Agosto de 2019.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 18/10/2019 15:36:08

    Sinprof quer mais investimento na educação

    Luanda - Um maior investimento no sector da educação, para ver melhoradas as condições nas escolas públicas, constitui o foco principal do novo mandato do presidente do Sindicato dos Professores (Sinprof), Guilherme Silva.

  • 18/10/2019 15:05:56

    Incentivo ao empreendedorismo entre as prioridades da AEUPA

    Luanda - O incentivo ao empreendedorismo no seio dos estudantes universitários e encetar contactos com as autoridades para se contribuir na melhoria da qualidade de ensino constituem as linhas de força do novo corpo directivo da Associação dos Estudantes das Universidades Privadas de Angola ( AEUPA).

  • 17/10/2019 14:13:55

    Sinprof defende fim da monodocência

    Luanda - O presidente do Sindicato Nacional dos Professores (Sinprof), Guilherme Silva, defendeu hoje, quinta-feira, em Luanda, o fim do sistema de monodocência na 5.ª e 6.ª classes como um dos caminhos para o alcance da qualidade de ensino.