Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

14 Junho de 2018 | 17h15 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 17h15

Estado de Nova Iorque exige dissolução da Fundação Donald J. Trump

Nova Iorque - O Estado de Nova Iorque anunciou hoje, quinta-feira, uma acção contra o presidente Donald Trump e os seus filhos pela suposta "persistente conduta ilegal" na fundação da sua família por mais de uma década.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O texto acusa a Fundação Donald J. Trump "de persistente e extensa coordenação política com a campanha presidencial, de repetidas e intencionais transacções entre empresas do mesmo grupo em benefício dos interesses pessoais e empresariais de Trump e de violações das obrigações legais básicas para fundações sem fins lucrativos".

A acção solicita a restituição de 2,8 milhões de dólares, o encerramento da fundação, além da proibição a Trump, por um período de dez anos, de actuar no conselho director de qualquer outra instituição beneficente de Nova Iorque.

Assuntos Política  

Leia também
  • 08/11/2018 11:06:10

    Bolsonaro e Temer prometem transição 'fluida'

    Brasília - O presidente eleito Jair Bolsonaro e o actual chefe de Estado, Michel Temer, prometeram, nesta quarta-feira, em Brasília, uma transição "fluida" entre os seus governos.

  • 05/11/2018 11:09:49

    Família de Asia Bibi pede asilo ao Reino Unido, Canadá e Estados Unidos

    Islamabad - A família da cristã Asia Bibi, absolvida quarta-feira de uma condenação à morte por blasfémia pelo Supremo Tribunal do Paquistão, pediu asilo ao Reino Unido, Canadá e Estados Unidos por motivos de segurança, noticiou hoje a Lusa.

  • 03/11/2018 12:20:49

    Obama define plano militar de Trump na fronteira como "truque político"

    Miami - O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama denunciou nesta sexta-feira (2) como um "truque político" o plano de Donald Trump de enviar milhares de soldados à fronteira com o México para impedir a entrada de imigrantes no país.

  • 03/11/2018 12:11:51

    Maduro qualifica sanções dos EUA de 'criminosas e loucas'

    Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, qualificou nesta sexta-feira de "criminosas e loucas" as sanções impostas pelos Estados Unidos contra as suas exportações de ouro, afirmando que prejudicam mais o empresariado do que o Estado.