Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

12 Julho de 2018 | 17h50 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 17h50

Vaticano sem protesto contra agressão à núncio na Nicarágua

Cidade do Vaticano - O Vaticano não apresentará um protesto formal à Nicarágua depois da agressão sofrida pelo seu núncio nesse país, anunciou hoje o secretário de Estado da Santa Sé.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Vaticano

Foto: Pesquisa


Email A receber  2142 Itens  
 Opções
 
Localizar Alguém
Email Calendário Contatos Tarefas Pastas Públicas
Vaticano sem protesto contra
Domingos Simeao
Ações
Para:
 Joao Nobre 
 
quinta-feira, 12 de julho de 2018 15:58
Vaticano: Vaticano sem protesto contra agressão à núncio na Nicarágua

Cidade do Vaticano, 12/07 (angop) - O Vaticano não apresentará um protesto formal à Nicarágua depois da agressão sofrida pelo seu núncio nesse país, anunciou hoje o secretário de Estado da Santa Sé.

"O núncio soube administrar muito bem a situação. Não protestaremos", informou o cardeal Pietro Parolin, em declarações ao canal católico italiano TV 2000.

Na segunda-feira, centenas de seguidores do presidente Daniel Ortega e paramilitares sitiaram e agrediram líderes católicos na cidade de Diriamba, no sudoeste da Nicarágua, num recrudescimento da violência que já deixou 260 mortos em quase três meses de protestos contra o governo.

Os seguidores do governo invadiram com violência a Basílica de San Sebastián, em Diriamba, onde eclesiásticos tinham chegado para apoiar um grupo de manifestantes, que se entrincheiravam no domingo no local para se proteger do assédio às forças governistas.

"Não queremos mais bloqueios de vias", "assassinos", "mentirosos", "filhos da p..", repetiam os partidários do governo em agressões dirigidas à comitiva de religiosos, liderada pelo cardeal Leopoldo Brenes e pelo núncio Stanislaw Waldemar Sommertag, após  chegar a Diriamba.

Os religiosos foram cercados por partidários do governo, ao chegar ao templo, enquanto nos arredores havia dezenas de paramilitares.

Quando os sacerdotes conseguiram abrir caminho no meio da multidão para entrar na igreja, foram agredidos fisicamente pelos paramilitares e pela multidão sandinista.

A Igreja Católica, que media o diálogo entre o governo e a Aliança Cívica, propôs antecipar as eleições de 2021 para Março de 2019 a fim de sair da turbulência que envolve o país desde que os protestos começaram, em 18 de Abril.
 

Assuntos Religião  

Leia também
  • 08/11/2018 16:48:13

    Mais de um milhão de muçulmanos israelitas proibidos de peregrinar em Meca

    Jerusalém - Pelo menos um milhão de árabes com nacionalidade israelita não poderão peregrinar à Meca ou fazer o 'hajj', um dos Cinco Pilares do Islão, após uma mudança na política de passaportes na Arábia Saudita, informou hoje a imprensa de Israel.

  • 08/11/2018 10:44:46

    Nagasaki abriga igreja símbolo do renascimento do cristianismo no Japão

    Nagasaki - A Igreja Oura, em Nagasaki, se tornou Património da Humanidade em 2018 e é o símbolo do renascimento do cristianismo no Japão. O local é parada obrigatória para quem quer conhecer a história dos "cristãos ocultos", que declararam a sua fé nesse lugar e colocaram fim a mais de 250 anos de clandestinidade, noticiou a EFE.

  • 31/10/2018 19:31:44

    Papa afirma que corpo humano não é "objecto de prazer"

    Cidade do Vaticano - O papa Francisco explicou nesta quarta-feira que "o corpo humano não é um instrumento de prazer", mas "lugar de ligação ao amor autêntico onde não cabe a luxúria", durante a sua catequese na Audiência Geral realizada na Praça de São Pedro.

  • 28/10/2018 14:46:37

    Papa chama de "acto desumano" ataque em sinagoga de Pittsburgh

    Cidade do Vaticano - O papa Francisco chamou neste domingo de "acto desumano" o massacre que aconteceu no sábado (27) numa sinagoga de Pittsburgh, nos Estados Unidos, na qual morreram 11 pessoas.