Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

10 Julho de 2019 | 13h35 - Actualizado em 10 Julho de 2019 | 13h34

Embaixador britânico em Washington renuncia ao cargo após controvérsia com Trump

Londres - O embaixador britânico em Washington, Kim Darroch, renunciou ao cargo após a crise provocada com os Estados Unidos pelo vazamento de mensagens confidenciais nas quais chamava o presidente Donald Trump de "inepto" e sua administração de "disfuncional", noticiou a AFP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

"A situação actual me impede cumprir com minha função como desejaria", afirmou Darroch em uma carta enviada a Simon McDonald, director do serviço diplomático britânico.

"Nestas circunstâncias, o caminho responsável a seguir é permitir a nomeação de um novo embaixador", afirmou.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 09/07/2019 23:21:39

    Trump indignado com embaixador britânico nos EUA

    Washington - O presidente Donald Trump está indignado com o embaixador britânico para os Estados Unidos desse, nesta terça-feira (9), um dia depois de declarar que cortaria contactos com o diplomata após fuga de informações descreveu Trump como uma pessoa "incapaz" noticiou a AFP.

  • 09/07/2019 18:32:07

    Chanceler qualifica as declarações de Trump "desrespeitosas e falsas"

    Londres - O ministro britânico das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, qualificou nesta terça-feira, em Londres, as declarações de Donald Trump como "desrespeitosas e falsas" sobre o Reino Unido e a sua primeira-ministra Theresa May.

  • 09/07/2019 18:22:32

    Trump qualifica embaixador britânico nos EUA de “um cara muito estúpido”

    Washington - O presidente Donald Trump qualificou nesta terça-feira o embaixador britânico nos Estados Unidos de "um cara muito estúpido", um dia depois de declarar que cortaria contactos com o diplomata após um vazamento de informações descrevendo Trump como uma pessoa "incapaz".