Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

13 Fevereiro de 2020 | 05h51 - Actualizado em 13 Fevereiro de 2020 | 12h51

Governo da Argentina pede apoio do Brasil para negociar dívida com FMI

Brasília - A Argentina pediu nesta quarta-feira o apoio do Brasil na negociação de sua dívida com o FMI, durante uma reunião entre os dois chanceleres em Brasília, com o objectivo de aproximar as posições entre dois governos antagónicos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Argentina

Foto: Foto divulgação

"Pedimos aos nossos irmãos brasileiros que também nos apoiem da maneira que puderem no FMI (Fundo Monetário Internacional) ", disse à imprensa o ministro das Relações Exteriores da Argentina, Felipe Solá, depois do encontro com o seu colega Ernesto Araújo.

O pedido coincide com a chegada nesta quarta-feira à Argentina de uma missão do fundo para definir uma reestruturação da dívida, que o presidente, o peronista de centro-esquerda Alberto Fernández, considera impagável, enquanto a terceira economia da América Latina, em recessão e com níveis alarmantes de inflação e pobreza, não recupera o crescimento económico.

"É o primeiro passo de uma etapa, de uma escada que continua, caso cheguemos a um bom acordo (...) Pedimos tempo para crescer e pagar, não voltaremos a cair em “default” como governo argentino", explicou o chanceler.

Assuntos Internacional  

Leia também
  • 13/02/2020 05:58:33

    Reduzido para 74,5% fluxo migratório irregular para os EUA

    Cidade do México - O chanceler do México, Marcelo Ebrard, anunciou nesta quarta-feira que o fluxo migratório de pessoas sem documentação regular que cruzam a fronteira para os Estados Unidos, sobretudo centro-americanos, diminuiu 74,5% em oito meses, desde que o México apresentou seu plano de migração e desenvolvimento.

  • 13/02/2020 05:58:24

    Preso ex-director da mexicana Pemex

    Madrid - Emilio Lozoya, ex-director da "gigante" petrolífera estatal Pemex e o principal envolvido no México no esquema internacional de corrupção da construtora brasileira Odebrecht, foi preso na Espanha - informou o Ministério Público mexicano nesta quarta-feira (12).

  • 13/02/2020 05:27:26

    Guaidó tenciona derrubar a ditadura

    Caracas- O presidente do parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, regressou esta quarta-feira a Caracas e afirmou que irá “fazer o que seja necessário para conseguir derrubar a ditadura imposta por Nicolás Maduro.