Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

14 Fevereiro de 2018 | 10h23 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 10h23

Responsáveis satisfeitos com participação no Carnaval de Luanda

Luanda - Os representantes dos cincos grupos convidados no Carnaval de Luanda consideram terça-feira, na Nova Marginal, ter sido uma excelente oportunidade para Benguela, Cabinda, Cuanza Sul, Lunda Sul e Huambo exibirem-se na capital do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Grupo carnavalesco União Muteda do Cuanza-Sul

Foto: Joaquina Bento

Para Pascoal Yango, do grupo Ovinjenje do Huambo, a participação neste Carnaval demonstra que o país, culturalmente, está unido e que esta passagem em Luanda serviu para se mostrar o que é feito no planalto central em termos cultural.

Nesta edição homenagearam o Reino da Chiaca fundado em 1650 abrangia às províncias do Huambo, Benguela parte do Cuanza Sul  e Huíla.

, sendo que vieram para o desfile com 80 elementos  foi fundado em 2010.  

Já António Ferro, do grupo Tchaco Tchaco de  Cabinda, o convite do Ministério da Cultura para este evento foi oportuno e serviu para mostrarem na Marginal o quanto é rico a cultura da província mais a norte de Angola.

Destacou o facto de ter servido também para mostrar a força da cultura, um factor de união dos povos de costumes diferentes.

Para Augusto Cordeiro, do grupo  Bravos da Vitoria de Benguela, esta iniciativa do Ministério da Cultura para participar na festa do Carnaval de Luanda é salutar, esperando que nos próximos anos possa haver uma festa de carácter nacional.   

O comandante  do grupo do Cuanza Sul, Gilberto Pinto, esta vinda para  Luanda é uma forte demonstração da força que a cultura tem para mobilizar as pessoas. O grupo mostrou que o convite feito foi oportuno para apresentar a grandeza  e a riqueza da cultura daquela localidade.

Nesta actuação  apresentaram o Katita e o Katambi, danças típicas do Cuanza Sul.

Simão Panzo, integrante  do grupo da  Lunda Sul, afirmou que o objectivo foi mostrar a riqueza da cultura do povo tchokwe.

Parabenizou o Ministério da Cultura pela iniciativa  e espera que  eventos como estes aconteçam com frequência.

A participação  dos grupos das províncias foi uma iniciativa do Ministério da Cultura como antevisão para Carnaval Nacional em que se espera a participação dos  campeões de cada província.

Assuntos Angola   Carnaval  

Leia também
  • 14/02/2018 18:13:27

    Carnaval de Luanda com três grupos sem avaliação

    Luanda - Os grupos União 10 de Dezembro, União 54, ambos da Maianga, e o Juventude do Kapalanga, da Viana, já não desfilam sábado, 16, como havia sido anunciado, inicialmente, pela organização, na pista da Nova Marginal, em função do acerto encontrado entre os grupos e a Comissão Provincial do Carnaval de Luanda.

  • 14/02/2018 17:04:25

    Grupo Nduma Café vence carnaval no Uíge

    Uíge - O grupo carnavalesco Nduma Café do município do Uíge venceu o Carnaval 2018 em adultos, obtendo 1004 pontos, de acordo com o anúncio feito hoje, quarta-feira, pelo corpo de jurado liderado por Moisés Samuel.

  • 14/02/2018 16:46:28

    Vencedores do Carnaval no Bié recebem prémios

    Cuito - O governo da província do Bié procedeu hoje, quarta-feira, na cidade do Cuito, a entrega dos prémios aos grupos vencedores do Carnaval nas duas categorias.

  • 14/02/2018 12:23:42

    Vladmiro Gonga no Centro Cultural Português a 24 deste mês

    Luanda - Um concerto extra acústico de Vladmiro Gonga está agendado para o dia 24 deste mês no Centro Cultural Português, em Luanda.