Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

16 Abril de 2018 | 12h10 - Actualizado em 16 Abril de 2018 | 12h10

Museu Regional da Huíla com mais de mil peças inventariadas

Lubango - Mil e 869 peças de colecção etnográfica, simbolizando hábitos e costumes dos povos do sul de Angola (Huíla, Cunene, Namibe e Cuando Cubango) estão catalogadas no Museu Regional da província da Huíla desde 2004, algumas em exposição e outras em depósito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Museu Regional da Huíla

Foto: JOSÉ FILIPE

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à Angop, na cidade do Lubango, pela directora do Museu Regional da Huíla, Soraia Ferreira, tendo detalhado que da colecção constam trezentas peças em exposição e outras mil e 569 que se encontram armazenadas num depósito, devido a falta de espaço na instituição.

Além do conjunto etnográfico, a responsável fez saber que o museu possui igualmente um acervo fotográfico, com duas mil imagens, que retratam o processo de construção da cidade do Lubango e penteados tradicionais de mulheres do sul do país.

“Temos ainda uma colecção com cerca de 200 selos, mil postais e 30 moedas de kwanza e escudos, bem como uma colecção arqueológica do período paleolítico superior, assim como um conjunto bibliográfico com cinco mil livros”, acrescentou. 

Referiu que a direcção do museu tem estado a trabalhar para melhorar, cada vez mais, os serviços prestados ao público, com a implementação de diversos projectos com destaque para o “Museu ao encontro das comunidades” e o “Contador de Estórias”.

Apontou a remodelação da exposição museológica como um dos projectos mais ambiciosos da instituição, tendo salientado que para a materialização desse plano o museu carece de apoios por parte de patrocinadores.

Essa remodelação, explicou, tem o objectivo de tornar a exposição mais moderna e atractiva para os visitantes.

O Museu Regional da Huíla alberga ainda uma colecção etnografia portuguesa, em fase de inventariado, além de estátuas e bustos de personalidades da época colonial como Luís de Camões, João de Almeida, Hagapito de Carvalho, entre outras individualidades.

O museu funciona desde 1956 e possui oito salas temáticas, divididas por áreas que retratam a história e o modo de vida dos povos sul de Angola, como a pastorícia e caça, instrumentos musicais, crenças, poder e espiritualidade, objectos de adorno, agricultura, pescas, cestaria, olaria, entre outras actividades.

Assuntos Museus   Província » Huíla  

Leia também
  • 15/04/2018 17:08:43

    Telenovela "A maldita herança" gravada no Lubango

    Lubango - Uma telenovela angolana intitulada “A maldita Herança” começou sexta-feira última, a ser gravada no Lubango, província da Huíla, por meio de uma firma privada denominada “PT- Produções”, num processo que deve durar nove meses.

  • 13/04/2018 14:50:20

    Mais de cinco mil cidadãos visitam Museu Regional da Huíla

    Lubango - Cinco mil e 200 cidadãos, entre nacionais e estrangeiros, visitaram de Janeiro a Dezembro de 2017 o Museu Regional Etnográfico da Huíla informou hoje, sexta-feira, na cidade do Lubango, a directora da instituição Soraia Ferreira.

  • 04/04/2018 02:09:32

    Huíla: Jornalista lança este ano "O poder diplomático da Batalha do Cuito Cuanavale"

    Lubango - O jornalista angolano, Amílcar Xavier, anunciou, no Lubango, província da Huíla, para este ano, ao lançamento da sua primeira obra literária intitulada "O poder diplomático na Batalha do Cuíto Cuanavale", com 120 páginas, em Luanda.